O Novo IYRDIW, Desi Gusson!

Oi gente, a Desi aqui.

Alguns de vocês me conhecem por Andh, Andhromeda ou Desirée, somos todas a mesma pessoa. Piradas, hiperativas, preguiçosas, mas a mesma. Seis anos atrás comecei o que seria um dos capítulos mais importantes da minha vida: o blog Insonia, You’re Doing it Wrong. O IYRDIW.

Ele surgiu como a forma de uma garota de 19 anos extravasar suas opiniões sobre os livros que lia. O blog foi aumentando, o canal no YouTube veio complementar e várias parcerias e amizades foram firmadas. Mas, com o passar do tempo, o interesse diminuiu. Não vou mentir, a “adultice” bateu forte e aquilo que antes era uma prioridade acabou ficando de lado.

tumblr_lk8716ydrd1qc0231

Apenas ano passado, quando a oportunidade de publicar meu bebê apareceu, que comecei a reviver aquela vontade de retomar meu blog querido. Porém, cada resenha postada parecia um sacrifício, como se eu tivesse perdido a mão, como se aquele paranauê que fazia o IYRDIW ser o IYRDIW já não existisse mais.

Demorei pra entender, mas não sou mais a mesma garota de meia década atrás, minha vida muito desde lá, então nada mais natural que o IYRDIW mudar comigo. Seu novo título é mais versátil, como os assuntos do blog. Não vou tratar só de resenhas (as resenhas e gifs são pra sempre!), mas da Desirée escritora também, com técnicas de escrita e leitura, erros e acertos literários e principalmente, quero conversar mais com vocês, saber suas histórias e interesses. Saber o que os tornam os leitores que são hoje.

giphy

Por isso conto com você, caro leitor, pra interagir e compartilhar, trocar figurinhas e shippar loucamente como se não houvesse amanhã comigo.

 

Bem-vindos ao Desi Gusson. 😉

 

novo logo

Anúncios

TAG – Como Eu Leio

Hey pretties! Quando li o título dessa TAG achei que era alguma coisa no sentido de “em que posição eu prefiro ler” ou coisa do gênero.  Pensei WTF? Quem vai filmar isso??, mas assim que vi como realmente era fiquei toda animada para responder.

Não fiz vídeo, apesar de sentir saudades, ainda preciso de tempo pra parar e gravar algo legal. Por isso resolvi responder por aqui mesmo e atulhar vocês de gifs ou qualquer coisa que me ajude a expressar melhor, tecnicamente, o de sempre. Vamos lá?

1. Como você descobre sobre novos livros para ler?

Acompanho o que tem de novidades pelo Skoob, na página de pré venda da Saraiva (geralmente bem atualizada) e em outros blogs. Antes tinha mais tempo para checar o Face e Twitter, via em tempo real as coisas, agora só quando chego em casa ou tenho uma pausa no trabalho.

2. Como você entrou nesse mundo da leitura?

Mais ou menos quando ganhei Os Risadinhas, Roddy Doyle, de uma amiga da família, pessoa incrível por sinal. Foi o primeiro livro que li num dia só (abafa a parte que ele é cheio de figuras, ok?), do alto dos meus 8 anos achei grande coisa. Pouco tempo depois a mesma pessoa incrível me deu Harry Potter e a Pedra Filosofal, que tinha acabado de ser lançado aqui, e pronto. Caminho sem volta.

3. Como o seu gosto literário mudou com o passar do tempo?

Sou uma menina de fases. Já estive na onda dos clássicos, de lá fui para os juvenis, daí para Young Adults, romances de época, então de volta para clássicos… Acho que os únicos livros que sempre me faz suspirar e nunca me enjoa são os épicos fantásticos, não consigo resistir a uma boa estória de espadas e dragões!

4. Com que frequência você compra livros?

Juro, JURO que estou tentando diminuir! Antes eu comprava compulsivamente livros todo mês, e percebi que tenho que maneirar… Não que eu não vá lê-los, mas agora meio que acabou o espaço pra guardar tantos livros (são cerca de 1600). Com algumas pessoas me policiando (aka boyfriend e mãe) tenho comprado no máximo três por mês.

5. Como você entrou nesse mundo dos Canais Literários?

Como não entrar?! As vezes só escrever sobre livros não é o suficiente, corremos o risco de ficarmos chatos, repetitivos, ou até insatisfeitos com o resultado. Sem contar a parte onde deixamos nossos leitores ver os malucos por trás do teclado, nos soltamos e falamos um monte, compartilhamos bastante e é TÃO gostoso ter respostas nos vídeos.

Blogueiros tentando entreter

Disse a menina que não grava um vídeo a mais de um ano. Droga.

6. Como você reage quando não gosta do final de um livro?

De forma madura e adulta. Tranco o livro no freezer e fico encarando-o por horas, tendo conversas mentais com os personagens, depois com o autor, dai de volta pros personagens. Quando canso tiro o livro do freezer e o coloco na prateleira da vergonha, junto com os outros livros perigosos, por motivo de segurança. Vai que eles atacam as estórias boas… De guarda eu coloco as Cronicas de Gelo e Fogo, porque, você sabe, ninguém se atreveria a passar por George R R Martin.

7. Com que frequência você espia a última página do livro pra ver o que acontece no final?

Ler a ultima página? Larguei. Agora sou blogueira.

Faz ANOS que consegui me livrar dessa praga, digo, hábito. Só de responder essa pergunta me dá uma certa nostalgia, porque da minha infância até finalzinho da adolescência eu simplesmente não podia ficar sem ler  última página do livro que estava para começar. Pode parecer impossível pra quem ainda faz isso, mas juro, é para o seu próprio bem!

8. Quem você vai marcar pra responder essa TAG?

Vou marcar minha parsa Natália Pacheco, do Vire a Página, Sol do Meu Meio Devaneio e as fofas do Mundo de Tinta!

 

E vocês, quais são as suas respostas?

 

xoxo e bom fim de semana!

A Volta dos Que Não Foram, ou quase isso…

Após horas e horas de puro trabalho e metas e deadlines no fim/começo de ano, garota de vinte e pouquinhos, a menos de quinze dias de seu aniversário, faz uma breve retrospectiva de sua ainda breve vida e pensa: mas o que é que eu estava indo fazer mesmo? Quero dizer, antes de ser atropelada pela rotina e ficar ali, estendida no asfalto, com cara de panqueca que não deu certo. Eu tinha uma vida, não tinha? Eis que ela olha sua estante empoeirada e se dá conta! Ela mantinha um blog de literatura, havia gente que lia sua besteiras, havia até gente que gostava das suas besteiras!

Em algum momento, me desviei da rota

Então, para voltar as sua atividades, estou decidida a abandonar o Netflix, que arruinou meu templo livre e basicamente minha vida, e ser mais disciplinada na minha insônia.

Prometo ter um fluxo frequente de coisas absurdas para dizer a vocês, atualizar o blog, o canal do you tube e o face…

Pois é, não foi dessa vez que se viram livres de mim!!

Enquanto Isso, na Arena Literária…

Blogueira também é gente, blogueira também sai de férias! Me imaginem numa ilha luxuosa, deitada de chapelão à beira do mar, tomando bons drinques e curtindo uma ótima leitura. Não poderia ser mais distante do que aconteceu de verdade, mas e daí? Voltei, o IYRDIW voltou e estamos a todo vapor para mais um ano insone!

————————————————————————————————————————————————————————————————–

“Livro físico.”

-Como é, bebeu que babado forte, criatura? Livro físico? Se é livro, é lógico que é físico, como não seria? E-book não conta…

Lembram dessa época? E das previsões apocalípticas, logo depois, de que os e-books seriam o fim dos livros convencionais (o termo chique)? Amigos de lados opostos, famílias destruídas, guerras civis… Quantas discussões a inclusão do livro digital no mercado nacional e internacional ainda geraria. E depois de tanto bate boca e bate papos ainda estamos num clima de incerteza.

Se lá fora o livro digital já se mesclou no mercado, com preços amigáveis e democráticos, concorrendo com os paperbacks também barateados, aqui, por outro lado, a situação é outra. Com a chegada da Amazon nas terras tupiniquins criou-se uma enorme expectativa com o preço dos e-books (o primeiro –e praticamente único- produto comercializado pela Amazon Brasileira) e o resultado foi um tanto quanto decepcionante. Quem esperava preços arrasadoramente baixos, de um dígito, no maior estilo 50 centarro (sim, até as almas mais obscuras podem sonhar) caiu do cavalo. E, para ajudar #sóquenão não havia a pronta-entrega do tal leitor digital super esperado.

Enfim,passada a surpresa inicial os leitores se dividiram em dois grupos: o Eu-Não-Me-Conformo e o Eu-Já-Sabia. Os Eu-Não-Me-Conformo  levaram a primeira impressão a sério! Muita gente desistiu dos e-books ali mesmo, voltou pra casa (vai, modo de dizer) e xingou muito no twitter (tá, isso aconteceu mesmo) questionando os valores, a margem de lucro das editoras, exigindo preços menores, acusando e cuspindo até no seu Zé da padaria, que não tinha nada a com isso. Os Eu Já Sabia limitaram-se a suspirar, afinal, já sabiam.

Pensando nisso, mais uma vez vieram as editoras tentando mostrar que e-book é um negócio respeitável, que merece nosso carinho e lançaram campanhas para democratizar os tais por aqui. Por exemplo a Novo Conceito, disse em nota no início de Janeiro que 30% de seu catálogo de best-sellers terá os preços reduzidos através da página da editora na Amazon www.amazon.com.br/novoconceito . Já a Intrínseca  informou num bate-papo com os leitores que espera baixar gradativamente o preços dos e-books durante o ano.

Então veio a verdadeira corrida armamentista #todaseditorapira pra mostrar que tem e-books e aquelas mais engajadas no público internauta até se arriscaram a entrar no tanque de tubarões e responder perguntas #ounão sobre preços e tecnicalidades. Funcionou? Não exatamente. Abriu-se um nova questão, e-books são os primos pobres dos livros físicos ou devem ser tratados com a mesma deferência?

Se por um lado você pode armazenar milhares de livros num único hd que cabe na palma da sua mão, você jamais vai de fato segurar um e-book, sentir o cheiro de um e-book, guardar um e-book na estante e passar horas admirando o serviço. Só essas razões já são o suficiente para deixar muitos bibliófilos com nojinho da versão digital! Já aqueles que dizem que o importante mesmo é ler e que não importa como seja, sacaram seus readers pra mostrar que a tal desculpa da “dor de cabeça” não impedirá mais ninguém de ter sua diversão garantida! A bem da verdade, e concordando com a nova catequese das editoras nacionais, livros e e-books são duas coisas diferentes e investir em um não necessariamente anula o outro.

Agora, mesmo com a guerra sendo outra, as perguntas mais frequentes geradas servem para responder àquela questão inicial: “Como o e-book vai custar praticamente o mesmo que o livro físico se ele não é o livro físico?” Portanto, a revolta com o preço alto dos e-books serve para mostrar que o valor dado pelas pessoas aos livros físicos ainda é alto e continuará sendo.

Nos resta decidir  se vamos expandir os nossos corações leitores e criar espaço para os e-books, ou se vamos continuar promovendo duelos imaginários entre dois produtos diferentes com o mesmo conteúdo.

Aliás, os Eu Já Sabia pediram para avisar que já sabiam.

xoxo

Os 10 Livros Mais Insones de 2012

FELIZ ANO NOVO!!! [insira aqui seus votos de felicidades eternas para todos os que estão lendo esse post]

Como foram de festas (com festas me refiro à comida), se divertiram bastante?  (ainda falando da comida) Ganharam muitos livros? Por favor, digam que sim! Não tem nada melhor do que ganhar livros de Natal!

Bem, agora que 2012 oficialmente acabou, me sinto à vontade para fazer o tão famoso e clichê TOP 10 sem correr o risco de deixar alguma ótima leitura de fora. Para ajudar selecionei apenas livros lançados nesse ano, ou seja, mesmo tendo lido outros tantos livros tão encantadores quanto esses (Sangue Quente é um bom exemplo) apenas os publicados aqui -e lá fora no caso dos importados- em 2012 puderam ser elegidos.

Vamos lá?

10) Dearly, Departed – Lia Habel

DEARLYN_DEPARTED

Amor zumbi de primeira qualidade, esse livro me ganhou pelo romance, mas os diálogos de mestre, a ação e a ciência steampunk deixam qualquer leitor doido para saber o que acontece depois. (Esse tem resenha aqui)

9) Tinta Perigosa – Melissa Marr

Tinta Perigosa - Wicked Lovely

Melissa Marr nos dá muita magia e explora sem medo as consequências psicológicas de um encontro entre humanos e o sobrenatural. (também tem resenha aqui)

8) O Festim dos Corvos – George R. R. Martin

O Festim dos Corvos - Livro 4

Apesar de esse ser o livro com menos reviravoltas absurdas e destruidoras de toda a série, a grande imersão nos costumes de Westeros é impagável.

7) Delírio – Lauren Oliver

delirio

Distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia P.S.: Resenha

6) Doce e Distante – Libba Bray

doce distante

Esse era para ser o final de uma trilogia MUITO querida, mas se tornou algo ainda maior. A dona Bray se superou nesse aqui e me deixou em caquinhos por um bom tempo depois que terminei a leitura! (Especial sobre a trilogia aqui)

5) Anjo Mecânico – Cassandra Clare

ANJO_MECANICO_1327640284P

O que poderia ser melhor do que vários caçadores de sombras gostosões por todos os lados? Vários caçadores de sombras gostosões por todos os lados na Londres do século XIX  (resenha aqui \o/)

4) Divergente – Veronica Roth

divergente (1)

Distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia, distopia (É, mas também tem Resenha)

3) A Dança dos Dragões – George R. R. Martin

DançadosDragoes

É uma verdade universalmente conhecida de que a minha pessoa em posse de um livro da série As Crônicas de Gelo e Fogo não tem vida própria. Ainda mais quando a previsão para o próximo lançamento ainda é nebulosa.

2) Days of Blood and Starlight – Laini Taylor

days of

Essa é a continuação de Feita de Fumaça e Osso, um livro que me deixou um tanto frustrada. Vai ver é por isso mesmo que fiquei tão surpresa e tão contente com Days of Blood and Starlight e fui incapaz de tirá-lo da cabeça por semanas!

1) A Corrida de Escorpião – Maggie Stiefvater

A-Corrida-de-Escorpião

Minha previsão se concretizou. O ano virou e não achei outro livro que me encantasse tanto quanto esse. Para uma reação mais histérica, clique nesse link aqui.

E ai, o que achou? Concorda no que? Discorda com qual? Me fale dos seus favoritos e quais os livros que te tiraram o sono nesse ano que passou!

xoxo e uma ótima semana!

Destaque Para o Destaques Literários!

[…]nosso objetivo é celebrar o cenário editorial no Brasil[…]

2012 foi um ano cheio de livros que deram o que falar, não é? E quando digo cheio, quero dizer muito cheio! Um sucesso atrás do outro, uma polêmica atropelando a próxima e nós, leitores insones, fazendo das tripas dinheiro pra conseguir acompanhar tudo, correto?

Tem sempre alguém para roubar a cena! E outro alguém depois desse!

O IYRDIW foi gentilmente convidado para fazer parte da banca de juri técnico e está seachando se preparando para ajudar a eleger os maiores destaques de 2012. Gente, sério, tem muita coisa boa lá, além de concorrer a prêmios muito bacanas duvido que vendo as categorias vocês não vão se divertir com a retrospectiva literária’!

Sentiu o drama? Também quer celebrar? Então se joga! A partir do dia 15 de Dezembro de 2012, as votações do público (é, vocês seus lindos) estarão abertas e todos poderão escolher o livro que em sua opinião mais se destacou nesse ano!

Acessem Destaques Literários e fiquem de olho nas redes sociais para não perder nenhum detalhe.

xoxo e boa semana!

destaquess

Editora Valentina, Yay!!

Sim sim, a Valentina é a mais nova parceira do IYRDIW! Querem saber mais?

“Para a VALENTINA, leitura é, acima de tudo, entretenimento.
Olho vivo e faro fino. Esse é, na verdade, o lema de todo grande editor. E a nossa pincher encarna esse lema como ninguém. A busca por livros inesquecíveis e entretenimento de alta qualidade, nos leva a prazerosamente garimpar pelo mundo, todos os dias, o melhor da literatura de entretenimento, sem preconceitos. 
Quer

emos fazer parte do universo único onde habitam leitores vorazes e antenados, personagens inesquecíveis e obras premiadas, eternas e transformadoras; afinal, como dizem por aí, todo baixinho é folgado, e a doce Valentina se acha o doberman do pedaço. 
E, para não ficar ninguém de fora, procuramos um mundo de temas: urban fantasy, distopia, paranormal, romances femininos, thriller, chick-lit, pets, religiosidade, biografia, bem-estar, steampunk… Sem esquecer, logicamente, os nossos xodós: romances que abordam a juventude contemporânea e ganham vida fora do livro — muitas vezes vão parar nas salas de aulas – com discussões fundamentais sobre os adolescentes, seus sonhos, seus medos, seus dramas e, principalmente, suas paixões.
É verdade, já deu para perceber, que a gente ama de paixão a literatura juvenil, mas nosso catálogo é eclético e moderno: tem diversão e cultura para quem está começando, aos 6 anos de idade, e também para quem já passou dos 100. Ah, e tem para quem quer chegar lá, certo? Tem tudo que, de alguma forma, faz da leitura um momento único e insubstituível.
A pergunta: Como pode um ser tão pequenino fazer tanto barulho? A resposta: Latindo com paixão, entusiasmo e um imenso tesão pelo que se faz. A gente adora latir, ops, quer dizer, a gente adora falar sobre livros. Venha visitar mais a VALENTINA aqui no site (face etc…) e contar pra gente como foi a sua experiência com os nossos livros? Esperamos você, já estamos abanando o rabinho e com a as orelhas em pé. Obrigado.
Au-au, rrrrr, au-au-au, ou melhor, muito prazer, somos a VALENTINA.”
Eles vão, tipo, trazer Garota Tempestade e Incarnate pra cá (livros incríveis) e muitas outras coisas bacanas!
Sigam a editora no Twitter: @EdValentina
É isso aí pessoal, muitas novidades estão por vir e nós todos vamos acompanhar juntinho da editora!
xoxo

Mocinhos de Tirar o Sono

Hey pretties! Tudo bom com vocês?

Então, como alguns de vocês já devem saber, aquele blog americano, The YA Sisterhood, tem uma espécie de campeonato entre os melhores maislindos mocinhos dos nossos queridos livros! De gêneros que vão de romancezinhos à históricos, passando por sobrenaturais e distópicos, mocinhos de todas as partes são colocados em duelos acirrados na disputa por votos e preferência das leitoras endoidecidas. Os duelos continuam, em eliminatórias, até que só resto um. O super YA Crush!

Inspirada por esse concurso divertidíssimo (e super sério) fiz uma lista com meus vinte mocinhos preferidos. Homens e garotos de tirar o sono, literalmente, que me fizeram ficar acordada noites e mais noites… lendo sem parar!

Com todo o carinho e atenção preparei esse post! Nenhuma das imagens é minha e os nomes das legendas correspondem ao modelo da foto. Fiquem de olho nos nomes dos fofos, alguns tem links que levam à postagens do IYRDIW sobre o livro/série de onde eles são.

Enjoy

ALEX FUENTES de Química Perfeita

Alexander F. Rodriguez

Ele é um mexicano que vive do lado errado da cidade. Ele tem dois irmãos e vive com sua mãe. Seu pai morreu na sua frente quando ele tinha seis anos, o que deixou um imenso vazio e uma sensação de que deveria cuidar da família custe o que custasse. Pra um garoto de dezessete anos membro de uma gangue e que chama sua moto de Julio, Alex entende muito de deveres.

Brittany: “Eu estou perdendo o controle.”

Alex: “Mamacita, eu já perdi.”

ASH de Os Encantados de Ferro

Adam Gregory

Ashallyn’darkmyr’Tallin é imortal, lindo, habilidoso e temperamental. Ele tem maçãs do rosto salientes e cabelo despenteado caindo em seus olhos constantemente. Para o príncipe da fria corte dos Encantos do Inverno, Ash é bem esquentadinho e apegado ao passado, o que só deixa as coisas mais interessantes quando o assunto é a sua família.

“O que você quer, Ash?” “Sua cabeça”, Ash respondeu suavemente. “Em uma estaca. Mas o que eu quero não importa neste momento.” Ele apontou sua espada para mim. “Eu vim por ela.”

“Toque nela, e vou congelar seus testículos e colocá-los em um frasco. Entendeu?”

BONES de Night Huntress

Jessie Pavelka

Bones é extremamente charmoso… pra um cara de 250 anos! O vampirão faz o estilo irônico-não-estou-nem-ai-com-você e adora mexer com Cat e seu lado puritano, mas é todo valente e protetor quando precisa ser.

“E ai está o meu pagamento, o corado das suas bochechas. Você está devidamente escandalizada pelo seu mau comportamento? Se você fosse católica, iria chamuscar os ouvidos do padre que pra que se confessasse. Você se lembra de me fazer jurar repetir todas aquelas travessuras, não importa o que você dissesse esta manhã? “

Agora que ele tocara no assunto, eu me lembrava de dizer isso. Traída pela minha própria imoralidade.

“Deus, Bones … aquilo foi depravado”.

“Vou tomar isso como um elogio.”

BRAM de Dearly, Departed

Gaspard Ulliel

Ele é alto, moreno, lindo… e morto! Sim, senhoras e senhores, Abrahan é um soldado zumbi da melhor qualidade. Digo isso porque ele não vai tentar comer seu cérebro nem nada parecido, Bram só quer ser considerado uma boa pessoa novamente e fazer com que seus ‘dias a mais’ na Terra valham a pena.

“Senhorita Dearly: estarei do lado de fora, se não quiser abrir a porta. Mas quando estiver pronta, gostaria de jogar um jogo com a senhorita. Pergunte qualquer coisa e responderei com a verdade. Se a resposta fizer com que se sinta um pouco mais segura, recompense-me destrancando uma das fechaduras. Meu objetivo é conseguir meu quarto de volta. O seu é se sentir mais segura.

Por falar nisso: por favor, pode dar corda no meu despertador?”

DANIEL KALBI de Dark Divine

Ed Speleers

Daniel é do tipo bad boy. Não, sério, ele é o bad boy. Do tipo que mora sozinho no pior lado da cidade, anda com uma postura predadora e dá festas do medo com gente mais medonha ainda. Mas tem uma coisa que todos precisam saber a respeito do Daniel: ele é um artista! Logo ele é um cara sensível. Porém se isso faz dele uma boa pessoa ou um verdadeiro doido, só lendo Dark Divine para saber.

“-Me beija.

-O que? Me devolve [o pincel]!

-Me beija e eu te devolvo.”

“Eu vou ser seu monstro”

“Sabia que alguns religiosos estudiosos acreditam que, quando confrontados com uma tentação irresistível, você deve cometer um pequeno pecado apenas para aliviar a pressão um pouco.”

DIMITRI BELIKOV de Academia de Vampiros

Ben Barnes

Dimitri é uma perigosa combinação de cara alto + lutador nato + sotaque russo. Resistir ao seu sobretudo estilo cowboy e seu gosto por romances de faroeste é particularmente impossível. Um deus entre os outros dhampirs por suas proezas em batalha, Dimitri é o tipo de cara tão responsável que faz qualquer garota ficar doida para descobrir o que acontece quando ele perde o controle.

“Porque, às vezes, uma pessoa pode ficar tão presa nos detalhes que perde o todo. Não é só o vestido ou o cabelo. É você. Você é linda. Tão bonita que machuca. “

“Se eu me deixar te amar, eu não vou me jogar na frente dela. Vou me jogar na frente de você…”

ERIC NORTHMAN de as Crônicas de Sookie Stackhouse

Alexander Skarsgård

O xerife da Área 5 é um vampiro milenar arrogante, perigoso, auto-confiante demais e com uma verdadeira alegria de viver. O tipo de coisa que só o poder pode proporcionar! Mesmo desmemoriado ou trapaceando todo mundo, é impossível não se apaixonar pelo vampiro viking mais lindo de todos.

“‘Solte”, ele aconselhou-me, e soltei suas mãos.’ Não, não eu “, ele disse sorrindo.” Você pode se segurar em mim enquanto você quiser. Deixe de lado a dor, Sookie. Vamos. Você precisa se ​​soltar. “

“Eu não gosto de ter sentimentos”

“Você confia em mim?” Eric pareceu surpreso.
“Sim”.
“Isso é …loucura, Sookie.”

EZIO AUDITORE de Assassin’s Creed

Melhor visualizado em Francisco Randez

Ezio era conhecido lá no século XV por sua boa aparência, a natureza coquete e seu jeito com as mulheres, muitas mulheres. Mesmo quase 600 anos depois o assassino do irresistível sotaque italiano consegue encantar garotas pelo mundo inteiro. Ah, os italianos…

“Requiescat in pace”

“Nada é verdade, tudo é permitido”

“Quando eu era jovem, tinha liberdade, mas não a enxergava. Eu tive tempo, mas não sabia. E eu tinha amor, mas não sentia. Muitas décadas se passariam antes que eu entendesse o significado de todos os três. Agora, no crepúsculo de minha vida, a incompreensão passou para contentamento. Amor, liberdade e tempo, outrora tão descartáveis, são os combustíveis que movem-me para a frente. “

IAN O’SHEA de A Hospedeira

Ian Somerhalder

Ian tem a incrível capacidade de enxergar a alma das pessoas. Não, não, o moço não tem nada de sobrenatural ou coisa assim, ele só é um cara sensível e que se importa. O rebelde que recusa ser tomado pelos aliens que colonizaram a Terra é gentil, mas não deve ser subestimado ou taxada como fraco.

“Eu te segurei na minha mão, Wanderer. Você era tão linda.”

“”Não é o rosto, mas as expressões nele. Não é a voz, mas o que você diz. Não é como você fica naquele corpo, mas as coisas que você faz com ele. Você é linda.”

JACE WAYLAND de Os Instrumentos Mortais

Garrett Hedlund

Jace está sempre falando sobre o quão perfeito ele pensa que é ele ainda que se ache incapaz de amar alguém completamente ou ser amado de volta. Ele é conflituoso, tem todos os tipos de problemas com o passado e está constantemente lutando com o que e quem ele é. Seu humor negro me fez rir durante metade das páginas. E ele ama tanto e de forma tão forte que me levou à beira de lágrimas na outra metade.

“Não, eu sou apenas um menino muito travesso. Eu faço todos os tipos de coisas ruins. Eu chuto gatinhos. Faço os gestos rudes pra freiras. “

“Desde que eu te conheci, tudo o que eu tenho feito tem sido em parte por sua causa. Eu não posso me desatar de você, Clary- não meu coração ou meu sangue ou minha mente ou qualquer outra parte de mim. E eu não quero. “

JACK de Dustlands

Como fui informada posteriormente: eis Drew van Acker!

Jack é charmoso e grosso. Na verdade ele é um filho da mãe arrogante, mas que, por debaixo da bravata, é um homem que profundamente leal aos seus amigos que está disposto a sacrificar sua vida para os outros. E ainda por cima é todo misterioso. Jack não fala no assunto Jack. Nunca.

“Já ouviu falar da regra de três? Ele grita enquanto nós corremos.
Não!
Se você salvar a vida de alguém por três vezes, a vida dela pertence a você. Você salvou a minha vida hoje, o que faz uma vez. Me salve mais duas vezes e eu sou todo seu”.

JEM CARSTAIRS de As Peças Infernais

Mitch Hewe

Jem é um cavalheiro. O perfeito cavalheiro na verdade. Ele é gentil e educado, mas também um Caçador de Sombras formidável, está sempre pronto para colocar os sentimentos dos outros antes dos seus. Jem é a prova literária de que não é preciso ser um bad boy para conseguir a atenção do público feminino, muito menos o seu amor! Até tocar violino o moço toca! Como não amar?

“Jem riu alto.

-Não diria isso. Às vezes quero estrangulá-lo.

-E Como consegue se conter?

-Vou para o meu lugar preferido de Londres – disse Jem -, e fico ali olhando para a água e pensando na continuidade da vida, em como o rio segue, sem se importar com nossos problemas mesquinhos.

Tessa ficou fascinada.

-E funciona?

-Na verdade, não, mas depois disso penso em como eu poderia mata-lo enquanto dorme se eu realmente quisesse, e me sinto melhor.” 

JON SNOW de As Crônicas de Gelo e Fogo

Kit Harington

Jon tem certo senso de humor que guarda bem fundo dentro dele. Poucas pessoas já o viram, a maioria antes dele se tornar um Corvo. Agora Lorde Snow é um garoto/homem sisudo e sombrio que teme demonstrar suas fraquezas para os outros e si mesmo. É do tipo que dá vontade de adotar.

“Tenha cuidado para não se cortar. As bordas são afiadas o suficiente para fazer a barba. “
“As meninas não se barbeiam”, disse Arya.
“Talvez elas deveriam. Você já viu as pernas da septã? “

“Eu não sei nada.”

KEENAN de Wicked Lovely

Taylor Kitsch

Esse garoto tem cheiro de verão. Apesar de ser amaldiçoado, ou talvez por isso mesmo, Keenan é focado e mantém uma atitude otimista exteriormente. Ele, na verdade, tem uma personalidade “ensolarada”, embora se algo acontece que o deixe triste ou com raiva, ele se rende a essas emoções. Cuidado meninas, o Rei do Verão pode ser perigoso se manuseado de forma incorreta.

“Os mortais são coisas frágeis. Apenas sentimentos ternos andando expostos em suas conchas delicadas … fácil de esmagar. “

“Você. Eu passei minha vida esperando por você. “

PEETA de Jogos Vorazes

Josh *sigh* Hutcherson

Ah, os padeiros… Peeta é uma pessoa muito compassiva e é bom com as palavras, ele sempre sabe exatamente o que dizer para fazer alguém se sentir melhor. Ousado em alguns momentos e tímido em outros, o ‘Garoto Som o Pão’ é inteligente e está sempre disposto a ir a extremos para manter aqueles que ama a salvo. Te desafio a não se apaixonar!

“Eu não sou só mais uma peça no jogo deles.”

“Peeta, você deveria me acordar em duas horas”, eu disse.

“Para quê? Nada está acontecendo aqui”, diz ele. “Além disso, eu gosto de ver você dormir. Você perde a carranca. Melhora muito a aparência.”

“Lembre-se, estamos loucamente apaixonados. Então tudo bem se você me beijar sempre que achar que deve.”

PUCK GOODFELLOW de Os Encantados de Ferro

Eddie Redmayne

Puck é um Encantado do Verão que tem uma paixão para o mal e gosta de causar estragos entre os outros encantados, ele é atribuído pelo Oberon para proteger Meghan Chase e passa muitos anos ao lado da amiga. Apesar desse pendor para o caos, Puck pode ser um verdadeiro doce de criatura!

“Oh, nós estamos sendo bonzinhos agora? Vamos tomar chá primeiro? Preparar um belo bule de vá-se-danar?”

“Árvores metálicas. Isso é novo. Se você ver alguma dríade de aço, não se esqueça de me dizer para que eu possa fugir gritando.”

REN de A Maldição do Tigre

Eduardo Verastegui

Ren é muito doce, charmoso, gentil e confiável. Ele tem um bom senso de humor e é uma pessoa silenciosa. Ele tem habilidades diplomáticas e sedutoras, as quais usa com frequência. Seu beijo é perigoso, emocionante, selvagem e imprevisível. Pelo menos foi o que ouvi dizer… já falei que ele é um príncipe?

“Eu não quero que você veja apenas o tigre quando olha para mim. Eu quero que você me veja. O homem. “

“Ela respondeu com uma paixão que eu não esperava e me que deixou perdido. Nesse momento, nossos corações bateram como um só. Naquele momento eu soube que ela me amava.”

VALEK de As Lendas de Yelena Zaltana

Sean O’Pry

O suave e jovial chefe de segurança do Reino de Ixia é um assassino treinado. Ele ensina Yelena, tudo que ela precisa saber sobre venenos mortais, malicia, conspirações e astúcia. Valek é um professor dedicado, ainda que um tanto rude e tem muito mais para mostrar do que o que os olhos podem ver… mas não dá para culpar quem se concentra só na sua… estatura, dá?

“’Yelena, você me deixa louco. Você me causou problemas consideráveis ​​e já pensei em acabar com sua vida duas vezes desde que te conheci.’ O hálito quente Valek no meu ouvido enviou um arrepio pela minha espinha. ‘Mas você deslizou sob minha pele, invadiu meu sangue e tomou meu coração.’

‘Isso soa mais como um veneno do que uma pessoa’ Era tudo que eu poderia dizer. Sua confissão tinha me chocado e emocionado.

‘Exatamente’, respondeu Valek. ‘Você me envenenou.’”

WARNER de Estilhaça-Me

Não sei o nome do cidadão, mas a Tahereh disse que imagina Warner assim. Quem somos nós pra discordar, néam?

Ele é mau. Ele provavelmente é um psicopata. Ele é irresistível. Warner é louco, o vou-dominar-o-mundo tipo de louco, e eu digo isso literalmente. Apesar de ser completamente obcecado com Juliette, ele consegue matar a sangue frio qualquer um a qualquer hora. O pior? Há algo nele que deixa qualquer garota duvidando da própria sanidade mental por acha-lo tão… yumi!

“Você fica absolutamente deliciosa quando está com raiva.”

“Tem sido eu e você contra o mundo sempre”, diz ele. “Sempre foi assim.”

“A vida é um lugar sombrio. Às vezes você tem que aprender a atirar primeiro.”

Will Harondale de As Peças Infernais

Tom Sturridge

Will tem uma série de vícios aparentes, incluindo o álcool, drogas, jogatina e mulheres de moral duvidosa. Ele está bem ciente de seus próprios encantos e é descrito por todos (incluindo ele próprio) como um jovem extremamente bonito. Cabelo preto e olhos azuis num rosto angelical. Como todos os Caçadores de Sombras, Will está coberto de runas.

“Você está insinuando que pedaços de minha reputação permanecem intactos?” Will perguntou com horror zombeteiro. “É evidente que eu estou fazendo algo de errado. Ou algo não errado, no caso.”

“Houve um tempo em que eu pensava que era um furão”, disse Will “mas acabou sendo a neblina ópio. Você sabia que tinha esse efeito? Porque eu não.”

É uma tristeza perceber que já sou mais velha que a maioria deles, mas fazer o que, né? Olhar não arranca pedaço e uma garota pode sonhar!

Agora, vamos para a parte prática! Eu sozinha não consigo decidir qual desses mocinhos provoca mais insonia, então quero saber de vocês (nos comentários) qual dos gatos merece o troféu Garoto Insone! Além desse serviço de utilidade pública prestado, os comentaristas ainda vão concorrer a um kit de P. S. Eu Te Amo, da Cecelia Ahern, contendo um livro, um bloco de papéis de carta e um marcador personalizado.

Vamos dar uma olhada nas regras?

  • Ter endereço de entrega no Brasil;
  • O comentarista tem direito a um voto, mas pode votar outras vezes; desde que tuíte a frase: “A @AndhromedaG me deu a difícil missão de escolher o Garoto Insone, quer ajudar? P.S: vale um kit NC http://wp.me/p1V7px-qN”
  • Só é permitido ao comentarista tuitar a frase duas vezes por dia;
  • O comentarista deve adicionar o link do tuíte no final do comentário;
  • Comentários duplicados sem link da divulgação serão desclassificados;
  • O sorteio será realizado no dia 13 de Outubro de 2012.

Dúvidas? Sinta-se livre, leve e solto para perguntar pelo Twitter ou e-mail. Vou ficar mais do que contente em responder!

Se o seu mocinho de tirar o sono não está aqui, calma! Essa é a minha lista, mas adoraria saber qual seria a sua, aliás, todo mundo aqui faria o sacrifício de lembrar de mais e mais mocinhos lindos de morrer.

Espero que tenham gostado e garotos, não se desesperem, vocês não vão ficar desamparados por muito tempo. Prometo!

Até a próxima e meninas…

de nada!