Desi Bibliotecando part. 1

Olá leitores,

Hoje venho com um post um diferentão. Essa semana fiz uma parceria muito legal com quatro bibliotecas dos SESIs aqui da minha região (Nárni… digo, Campinas – SP e cia) e pude indicar novos títulos para suas estantes.

Como vocês devem imaginar, cada biblioteca recebe uma verba destinada a adquirir novos livros (o sonho de qualquer um aqui) e eu tive a honra de compartilhar opiniões e indicações! O objetivo era encontrar livros incríveis e especiais para o publico jovem, coisa que gosto bem pouco de fazer.

Quem me acompanha nas redes sociais sabe que tive a chance de ir em algumas escolas SESI conversar com os alunos, falar sobre meu livro, meus hábitos de escrita e basicamente surtar um pouquinho dando dicas de leituras.

giphy2

Como já fui in loco, pude bisbilhotar xeretar ver mais ou menos que séries cada já biblioteca tinha e então partir daí. Depois disso veio a parte legal, buscar nas minhas estantes entre novidades e livros pouco conhecidos os que eu achava que os alunos mais gostariam. Sério, não tem nada melhor do que indicar livros pra outros leitores. (A não ser comprar mais livros.)

Sim, me empolguei, como vocês já podem ter imaginado e reuni 24 indicações, tanto de livros únicos quanto séries, que irei dividir em dois posts. Esse primeiro vai mostrar os livros com uma pegada mais fantástica e sobrenatural, e o próximo vai trazer romances, tanto contemporâneos quanto de época e fantasiosos.

Espero que gostem e não deixem de dar suas próprias indicações!

Trilogia Grisha – Leigh Bardugo; ed. Gutenberg (resenha aqui)

Trilogia Grisha.png

Trilogia do Abhorsen – Garth Nix; ed. Rocco  (resenha aqui)

sabriel.jpg

Três Coroas Negras – Kendare Blake; ed. Globo Alt (resenha aqui)

três coroas.png

Minha Lady Jane – Cynthia Hand, Brodi Ashton e Jodi Meadows; ed. Gutenberg

minha

A Rainha de Tearling – Erika Johansen; ed. Suma das Letras ( resenha aqui)

28000076_gg.jpg

Enraizados – Naomi Novik, ed. Fantástica

enraizados

As Crônicas Lunares – Marissa Meyer, ed. Rocco (resenha aqui)

cronicas.jpg

Série Trono de Vidro – Sarah J. Maas, ed Galera Record (resenha aqui)

Série_Trono_de_Vidro (1).png

Série Feios – Scott Westerfeld, ed. Galera Record

feios

A Menina Mais Fria de Coldtown – Holly Black, ed. Novo Conceito (resenha aqui)

a menina mais fria.jpg

Trilogia Never Sky – Veronica Rossi, ed. Rocco (resenha aqui)

capas_never_sky.jpg

Série Academia de Vampiros – Richelle Mead, ed. Agir

academiadevampiros

O Ceifador – Neal Shusterman, ed. Seguinte (resenha aqui)

o-ceifador.jpg

 

 

😀

Se você é aluno de algum SESI aqui da minha região, de nada 😉 Se não, sinta-se livre, leve e solto para passar meu contato (desigusson@gmail.com) pra sua bibliotecária, que terei o maior prazer em montar uma lista personalizada!

xoxo

 

Anúncios

New on My Bookshelf Vol. 12

“It’s close to midnight
something evil’s lurkin’ in the dark
Under the moonlight
You see a sight that almost stops your heart
You try to scream
But terror takes the sound before you make it
You start to freeze
As horror looks you right between the eyes
You’re paralyzed

‘Cause this is NOMB
NOMB night!”

NO-MB NIGHT!

Sim. Sim! New on My Bookshelf existe! Não só existe como está aqui hoje, de volta depois de séculos e bem recheado!

Quem me acompanha no instagram sabe que agora tenho um Kindle, e que por motivos de espaço estou dando prioridade pra livros digitais. Pois é, finalmente o pessoal daqui de casa gritou “chega” e agora eu preciso me limitar ao meu quarto e uma mísera estante na sala, só uminha!! Definitivamente o mundo não é um lugar justo.

Porém consegui reunir, entre Junho e Julho, algumas novidades pra mostrar por aí! (Só clicar na foto que vai pro Skoob)

20160709_133838

20160709_155150 20160709_155132 20160709_155111 20160709_155045 20160709_155027 20160709_155006 20160709_154943 20160709_154906 20160709_154831 20160709_154645 20160709_154619 20160709_154548 20160709_154525

20160709_154459 20160709_154429

Gostaram????? Fiquem acordados pra mais NOMB, porque ele voltou!!

Xoxo

10x Insonia, Livros Para Tirar o Sono Nesse Inverno

topper

Ler espirrando com pólen é um desafio. Ler na praia é interessante. Ler com brisa fresca e folhas caindo é agradável.

Mas nada supera ler debaixo das cobertas, com uma xícara de café (ou chá, ou chocolate, ou leite, ou cerveja amanteigada) do lado. NADA.

E isso vem de uma pessoa que já experimentou todas as formas de leitura acima… então achei digno separar alguns livros especiais para vocês entrarem no clima lerigo, lerigooo comigo 🙂

Bora, se ajeitar e aproveitar essas leituras?

 

A_VIDA_EM_TONS_DE_CINZA_1332494566BA Vida em Tons de Cinza – Ruta Sepetys (resenha aqui)

Esse livro realmente deveria ser ensinado nas escolas.

1941. A União Soviética anexa os países bálticos. Desde então, a história de horror vivida por aqueles povos raras vezes foi contada.
Aos 15 anos, Lina Vilkas vê seu sonho de estudar artes e sua liberdade serem brutalmente ceifados. Filha de um professor universitário lituano, ela é deportada com a mãe e o irmão para um campo de trabalho forçado na Sibéria.
Lá, passam fome, enfrentam doenças, são humilhados e violentados. Mas a família de Lina se mostra mais forte do que tudo isso. Sua mãe, que sabe falar russo, se revela uma grande líder, sempre demonstrando uma infinita compaixão por todos e conseguindo fazer com que as pessoas trabalhem em equipe.
No entanto, aquele ainda não seria seu destino final. Mais tarde, Lina e sua família, assim como muitas outras pessoas com quem estabeleceram laços estreitos, são mandadas, literalmente, para o fim do mundo: um lugar perdido no Círculo Polar Ártico, onde o frio é implacável, a noite dura 180 dias e o amor e a esperança talvez não sejam suficientes para mantê-los vivos.
A vida em tons de cinza conta, a partir da visão de poucos personagens, a dura realidade enfrentada por milhões de pessoas durante o domínio de Stalin. Ruta Sepetys revela a história de um povo que foi anulado e que, por 50 anos, teve que se manter em silêncio, sob a ameaça de terríveis represálias.

 

SNOW_LIKE_ASHES_1393119471BSnow Like Ashes (Neve e Cinzas) – Sara Raasch (resenha aqui também)

Que estação melhor para acompanhar a saga dos inverninos?

Dezesseis anos atrás o Reino de Inverno foi conquistado e seus cidadãos, escravizados, sem família real e sem magia. A única esperança de liberdade para o povo do reino jaz nos oito sobreviventes que conseguiram escapar, e que seguem esperando uma oportunidade para recuperar a magia de Inverno e reconstruir o reino. Meira, uma órfã desde a derrota de Inverno, passou a vida inteira como refugiada, criada por Senhor, o general dos inverninos. Treinando para se tornar uma guerreira — e desesperadamente apaixonada pelo melhor amigo e futuro rei, Mather —, Meira faria qualquer coisa para ajudar o Reino de Inverno a retomar seu poder. Então, quando espiões descobrem a localização de um medalhão antigo capaz de devolver a magia ao reino, Meira decide ela mesma encontrá-lo. Finalmente ela está escalando torres e lutando contra soldados inimigos como sempre sonhou. Mas a missão não sai como planejado, e logo Meira se vê mergulhada em um mundo de magia maligna e poderosos perigosos. De repente, ela percebe que seu destino não está, e nunca esteve, em suas mãos. A estreia de Sara Raasch é uma fantasia cheia de ação sobre lealdade, amor e a capacidade de determinar o próprio destino.

 

 

O_CAVALEIRO_DE_BRONZE_1378512233BO Cavaleiro de Bronze – Paullina Simons

Russia. No inverno.

A Segunda Guerra Mundial ainda não havia alcançado a cidade de Leningrado, onde as duas irmãs Tatiana e Dasha Metanova viviam, dividindo um pequeno cômodo com seu irmão, seus pais e avós.
Tudo muda quando as tropas de Hitler atacam a União Soviética e ameaçam invadir a grande, mas decadente, cidade. Fome, desespero e medo tomam conta de Leningrado, durante o terrível inverno no qual a cidade foi submetida ao cerco alemão.
No entanto, a luz do amor é sempre capaz de iluminar a mais profunda escuridão. Tatiana conhece Alexander, um jovem e corajoso oficial do Exército Vermelho. O rapaz, forte, confiante e guardando um passado misterioso e problemático, e sente-se atraído por Tatiana—e ela por ele.
O amor impossível de Tatiana e Alexander ameaça agora dividir a família Metanova. E que segredo é esse que se esconde no passado do soldado, tão devastador quanto a própria guerra?

 

 

BELEZAS_PERIGOSAS_1257635681BGemma Doyle – Libba Bray (especial sobre a trilogia aqui)

É extramamente satisfatório me enroscar num canto com um cobertorzinho, chá e um livro da Libba Bray na mão.

Após assistir à morte de sua mãe duplamente – numa visão perturbadora que logo se confirma real – no dia do seu aniversário, em uma tarde quente e agitada em Bombaim, Gemma é mandada para Londres, onde o irmão se encarrega de matriculá-la na tradicional escola Spence para moças. Sob o lema “graça, charme e beleza”, Spence, guarda, no entanto, em seu bosque, onde às vezes aparecem ciganos, sua capela, seus recantos secretos, mistérios que farão com que Gemma entre em contato com seu dom (ou seria uma maldição?) de forma cada vez mais intensa. O jovem Kartik bem que tenta ajudá-la a lidar com suas visões e alertá-la para os perigos de se envolver numa antiga e nebulosa história, mas Gemma não é do tipo que se deixa paralisar pelo medo. E encontra em Felicity e Pippa, duas das meninas mais invejadas do colégio, e até mesmo na humilde Ann, o impulso necessário para enfrentar seus próprios fantasmas.

Conheça Gemma Doyle e deixe-se levar pelas “Belezas Perigosas” escondidas no coração e na mente dessa personagem encantadora. Depois de virada a primeira página, impossível não se envolver com sua história de vida e morte, luz e sombra, alegria e tristeza, coragem e medo, amor e ódio, que, afinal, é um pouco como a história de todos nós, mas enriquecida com a imaginação brilhante e o talento narrativo de Libba Bray.

 

HARRY_POTTER_E_A_PEDRA_FILOSOFAL_1389761588BHarry Potter – J. K. Deusa Rowling

Não consigo pensar em Harry e não me imaginar tomando uma boa xicara de chá enquanto assisto a neve cair no pátio da escola.

Conheça Harry, filho de Tiago e Lílian Potter, feiticeiros que foram assassinados por um poderosíssimo bruxo, quando ele ainda era um bebê. Com isso, o menino acaba sendo levado para a casa dos tios que nada tinham a ver com o sobrenatural pelo contrário. Até os 10 anos, Harry foi uma espécie de gata borralheira: maltratado pelos tios, herdava roupas velhas do primo gorducho, tinha óculos remendados e era tratado como um estorvo. No dia de seu aniversário de 11 anos, entretanto, ele parece deslizar por um buraco sem fundo, como o de Alice no país das maravilhas, que o conduz a um mundo mágico. Descobre sua verdadeira história e seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais, o terrível Lorde das Trevas.

O menino de olhos verdes, magricela e desengonçado, tão habituado à rejeição, descobre, também, que é um herói no universo dos magos. Potter fica sabendo que é a única pessoa a ter sobrevivido a um ataque do tal bruxo do mal e essa é a causa da marca em forma de raio que ele carrega na testa. Ele não é um garoto qualquer, ele sequer é um feiticeiro qualquer; ele é Harry Potter, símbolo de poder, resistência e um líder natural entre os sobrenaturais.

 

SOMBRA_E_OSSOS_1371825137BSombra e Ossos – Leigh Bardugo (resenha aqui)

Porque sempre é tempo de ler Leigh Bardugo

Alina Starkov nunca esperou muito da vida. Órfã de guerra, ela tem uma única certeza: o apoio de seu melhor amigo, Maly, e sua inconveniente paixão por ele. Cartógrafa de seu regimento militar, em uma das expedições que precisa fazer à Dobra das Sombras – uma faixa anômala de escuridão repleta dos temíveis predadores volcras –, Alina vê Maly ser atacado pelos monstros e ficar brutalmente ferido. Seu instinto a leva a protegê-lo, quando inesperadamente ela vê revelado um poder latente que nunca suspeitou ter.
A partir disso, é arrancada de seu mundo conhecido e levada da corte real para ser treinada como um dos Grishas, a elite mágica liderada pelo misterioso Darkling. Com o extraordinário poder de Alina em seu arsenal, ele acredita que poderá finalmente destruir a Dobra das Sombras.
Agora, ela terá de dominar e aprimorar seu dom especial e de algum modo adaptar-se à sua nova vida sem Maly. Mas nesse extravagante mundo nada é o que parece. As sombrias ameaças ao reino crescem cada vez mais, assim como a atração de Alina pelo Darkling, e ela acabará descobrindo um segredo que poderá dividir seu coração – e seu mundo – em dois. E isso pode determinar sua ruína ou seu triunfo.

LIGEIRAMENTE_CASADOS_1409953442BLigeiramente Casados – Mary Balogh (tem resenha também)

Nada como um bom romance de época pra te esquentar no friozinho.

À beira da morte, o capitão Percival Morris fez um último pedido a seu oficial superior: que ele levasse a notícia de seu falecimento a sua irmã e que a protegesse “Custe o que custar!”. Quando o honrado coronel lorde Aidan Bedwyn chega ao Solar Ringwood para cumprir sua promessa, encontra uma propriedade próspera, administrada por Eve, uma jovem generosa e independente que não quer a proteção de homem nenhum.

Porém Aidan descobre que, por causa da morte prematura do irmão, Eve perderá sua fortuna e será despejada, junto com todas as pessoas que dependem dela… a menos que cumpra uma condição deixada no testamento do pai: casar-se antes do primeiro aniversário da morte dele o que acontecerá em quatro dias.

Fiel à sua promessa, o lorde propõe um casamento de conveniência para que a jovem mantenha sua herança. Após a cerimônia, ela poderá voltar para sua vida no campo e ele, para sua carreira militar.

Só que o duque de Bewcastle, irmão mais velho do coronel, descobre que Aidan se casou e exige que a nova Bedwyn seja devidamente apresentada à rainha. Então os poucos dias em que ficariam juntos se transformam em semanas, até que eles começam a imaginar como seria não estarem apenas ligeiramente casados…

 

ANJO_MECANICO_1327640284BAnjo Mecânico Londres – Cassandra Clare (eis a resenha)

Não sei você, mas  só de pensar em Londres já sinto um friozinho.

Tessa Gray tem um anjinho mecânico pendurado no pescoço, um presente de família do qual nunca se separa. O tique-taque do pingente faz com que ela se sinta segura junto à lembrança dos pais, que já morreram. Mal sabe Tessa que esse barulhinho muito em breve vai se tornar o odioso som de um exército comandado por forças do Submundo. Com os Caçadores de Sombras e seu recém-descoberto poder sobrenatural, ela enfrentará uma guerra mortal entre os Nephilim e as máquinas do Magistrado, o novo comandante das trevas na Londres vitoriana

JOGOS_VORAZES_1447803914106468SK1447803914B

Jogos Vorazes -Suzanne Collins (resenha da rerreleitura aqui)

O que melhor para te aquecer do que ação, ação, ação e mais ação de tirar o folego e não desgrudar os olhos das páginas?

Constituída por uma suntuosa Capital cercada de 12 distritos periféricos, a nação de Panem se ergueu após a destruição dos Estados Unidos. Como represália por um levante contra a Capital, a cada ano os distritos são forçados a enviar um menino e uma menina entre 12 e 18 anos para participar dos Jogos Vorazes. As regras são simples: os 24 tributos, como são chamados os jovens, são levados a uma gigantesca arena e devem lutar entre si até só restar um sobrevivente. O vitorioso, além da glória, leva grandes vantagens para o seu distrito.

Quando Katniss Everdeen, de 16 anos, decide participar dos Jogos Vorazes para poupar a irmã mais nova, causando grande comoção no país, ela sabe que essa pode ser a sua sentença de morte. Mas a jovem usa toda a sua habilidade de caça e sobrevivência ao ar livre para se manter viva. As reviravoltas do jogo e as dificuldades enfrentadas pela protagonista levam os leitores a sofrer junto com ela, enquanto descobrem um pouco sobre seu passado e seu relacionamento com Peeta Mellark, o outro tributo enviado pelo Distrito 12 para lutar nos Jogos Vorazes.

Inspirada pelo mito grego de Teseu e o Minotauro e bebendo nas melhores fontes da ficção científica, Suzanne Collins faz uma dura crítica à sociedade do espetáculo atual e prende a atenção do leitor da primeira à última página com um romance envolvente e perturbador.

 

CALAFRIO_1374934808BCalafrio – Maggie Stiefvater

É só ler essa sinopse e você será consumido pelo espírito do inverno.

Quando chega o inverno, Grace é atraída pela presença familiar dos lobos que vivem no bosque atrás de sua casa. Ela espera ansiosamente pelo frio desde que fitou pela primeira vez os profundos olhos amarelos de um dos lobos e sobreviveu ao ataque de uma alcateia. Esses mesmos olhos brilhantes ela encontraria mais tarde em Sam, um rapaz que cresceu vivendo duas vidas – uma normal, sob o sol, e outra no inverno, quando vestia a pele do animal feroz que, certa vez, encontrou aquela garota sem medo. Tudo o que Sam deseja é que Grace o reconheça em sua forma humana, e para isso bastaria que trocassem um único olhar. Mas o tempo de Sam está acabando. Ele não sabe até quando manterá a dupla aparência e quando se tornará um lobo para sempre. Enquanto buscam uma maneira de para torná-lo humano para sempre, têm de enfrentar a incompreensão da cidade, que vê nos lobos um perigo a ser combatido.

E vocês, quais suas leituras pros meses de frio?

Xoxo e bom fds

 

TAG: Problemas de Leitor

 

Ou como eu gosto de pensar: quem nunca?

Acho que vários canais já responderam essa tag, eu a vi primeiro no canal da criadora, About to Read, e amey. Não só porque me encaixo na descrição da Wikipedia de leitora compulsiva como também porque em nenhuma das perguntas a opção Não Se Aplica seria verdadeira.

Vamos começar!

1. Você tem 20 mil livros para ler. Como você decide qual vai ler?

Sou de fases. Vou lendo na mesma linha até acabar o estoque de livros do tipo ou aparecer um lançamento que estava esperando MUITO. Daí começa outro ciclo…

2. Você está no meio de um livro, mas não está gostando. Você para ou continua?

Depende. Se o autor, o enredo, a forma como o livro chegou até mim vale a pena, continuo até o fim! Se foi um livro que peguei ao acaso, sem grandes expectativas não sofro não! Tem tanta coisa boa pra ser lida que é melhor não perder tempo com alguma coisa chatinha…

3. O fim do ano está chegando e você está perto, mas não tão perto de finalizar sua meta de leitura. O que você pretende fazer e como?

Deixo a meta em aberto. Quando eu atingir a meta, eu dobro a meta. (Vocês sabiam que eu ia falar isso.)


4. As capas de uma série que você ama são horríveis! Como você lida com isso?

De forma madura. Dou chilique, fico amuada, reclamo pra Deus e o mundo. Me esforço muito para que todos a minha volta entendam a gravidade disso, dessas capas horrorosas estragando tudo! Geralmente não obtenho sucesso…

5. Todo mundo, incluindo sua mãe, gostam de livro que você não gosta. Como você compartilha esses sentimentos?

Não perco a oportunidade de dizer que lixo todos estão lendo. Na maioria das vezes é alguma frase do tipo “Que livro ruim, mas o importante é que você está lendo alguma coisa né? Mas sério, que livro RUIM.”

6. Você está lendo um livro e você está prestes a começar a chorar em público. Como você lida com isso?

Medito, tento pensar em outra coisa, me esforço pra não abrir as comportas, porque se começo a chorar não tem volta. E eu não sou daquelas que chora bonitinho.

7. A sequência do livro que você ama acabou de sair, mas você esqueceu parte da história anterior. Você lê o anterior novamente? Pula para a sequência? Lê uma sinopse ou resenha? Chora de frustração?!

Eu vou com a cara e com a coragem, mas minha memória deficiente geralmente me deixa na mão. Então tento buscar na internet dou uma folheada de leve no livro anterior e me concentro muito pra ver se vem uma luz e eu milagrosamente ‘vivo’ a história outra vez.

8. Você não quer que ninguém, NINGUÉM, pegue seus livros emprestados. Como você educadamente diz às pessoas NÃO quando eles perguntam?

Enceno um desmaio, digo que deixei o feijão do fogo ou simplesmente finjo que não ouvi. Ok, não é sempre que faço isso, às vezes sou sincera e garanto que não é nada pessoal, é só que pessoas morrem quando danificam algum livro meu então acho prudente evitar.

Sério, por que ainda me pedem?

 

9. Déficit de Atenção. Você não conseguiu ler os livros que queria no último mês. O que você faz para voltar a ler mais?

Tenho alguns autores ‘porto seguro’ que nunca me desapontam. Eles podem escrever sobre pagamento de taxas e ainda assim eu leria feliz da vida, porque não tem erro com eles! Licia Troisi é uma delas, ou pegar qualquer livro do Harry e reler também é uma opção…

10. Há muitos livros novos que foram lançados e que você está morrendo de vontade de ler! Quantos deles você realmente compra?

11. Depois de ter comprado os novos livros que você tanto queria, quanto tempo eles ficam em sua prateleira antes de você realmente ler?

Putz. Então, para responder essa questão retomamos a pergunta nº 1. Tudo vai da fase, são poucas às vezes que faço um plano de ação para determinada compra, então geralmente se há algum lançamento MUITO antecipado eu o leio na hora. Caso contrário todos serão confortavelmente espremidos em suas estantes de direito e esperarão sua vez, que pode demorar uma semana, um mês ou um ano.

Bom, e vocês? Já responderam a TAG? Vou marcar a Nat, do Vire a Página, as meninas do Mundo de Tinta e a Laine do Comparando Livros para responderem, mas não se acanhem não. Eu sei muito bem que não sou a unica com maluq… digo, problemas de leitor.

 

xo e bom meio de semana!

 

10x Insônia: Mocinhas Que Vão Chutar Seu Traseiro

Hey pretties! Como foi a semana literária de vocês? Aqui as coisas foram meio distópicas… Pra variar um pouco resolvi criar uma seção nova para o blog: 10x Insônia! Vou escolher um tema (isso não é uma democracia) e selecionar dez livros para apresentar nela. Pode ser desde meus livro favoritos de determinado gênero até meus dez livros mais odiados de outro gênero, capiche?

Essa semana o tema é: Mocinhas que vão chutar seu traseiro. Não importa quando, não importa como, nem onde. Elas são casca grossa e você, meu caro leitor, não tem a mínima chance.

Fiquei tentada a colocar  Daenerys Tagaryen, Nascida da Tormenta, A Não-Queimada blá blá blá aqui no meio, mas acho que ela entraria na categoria Mocinhas Que Vão Mandar Alguém Atear Fogo No Seu Traseiro, o que fica pra próxima…

Então, por ordem crescente de periculosidade:

10# Yelena Zaltana de Estudos Sobre Veneno 

ESTUDOS_SOBRE_VENENO_1308075868P

Prestes a ser enforcada, Yelena é agraciada com uma prorrogação extraordinária para sua pena. Ela aceita se tornar provadora de comida e morrer no lugar do Comandante de Ixia. Mas Valek, o chefe da segurança, não deixa brecha para fuga e a envenena com Pó de Borboleta. Somente se apresentando diariamente para ele, Yelena poderá tomar o antídoto. Enquanto tenta encontrar um meio de escapar, rebeldes planejam sitiar Ixia, e Yelena desenvolve poderes mágicos. Sua vida é ameaçada e ela precisa escolher de novo… Estudos sobre veneno, primeiro livro da trilogia As Lendas de Yelena Zaltana, é uma história que encanta como uma poção mágica. 

9# Thirrin de O Grito da Terra do Gelo

grito da terra do gelo

Thirrin Freer Forte-no-Braço Escudo-de-Tília não é uma adolescente comum. Aos 13 anos, ela é uma princesa, herdeira do trono da Terra do Gelo, e uma forte guerreira, determinada a seguir os passos do pai, o poderoso e justo rei Redrought. Mimada e insuportável, com pintas de megera indomada, ela esconde sua fragilidade por trás de uma resistente muralha que construiu ao redor de si mesma. Obstáculo que precisará transpor para lidar com o maior desafio de sua vida: a invasão de seu pequeno reino por um grande e poderoso império. Para resistir à invasão, ela deve reunir e liderar aliados improváveis e incomuns, aqueles que hoje só existem na imaginação dos homens, como lobisomens e vampiros. 

Todos eles têm a existência ameaçada pela racionalidade fria e científica que a tudo globaliza. O poderoso império de Polipontus – personificado na figura do cruel general Scipio Bellorum – também representa o inevitável e esmagador progresso tecnológico, que escraviza os homens e destrói a Natureza.A solução contra o poder do metal e do fogo do Império Polipontino é poder feminino, que une razão e sensibilidade, seja na liderança de Thirrin, na capacidade de cura das bruxas ou na força de guerreiras, que mostram sua bravura em impressionantes batalhas descritas pelo autor.

8# Sabriel de, bem, Sabriel

Resenha aqui!

Primeiro volume da série O Reino Antigo, lançamento Rocco Jovens Leitores no Brasil, Sabriel – A missão da guerreira é uma história de fantasia e aventura ambientada numa terra dividida entre a modernidade e as tradições mágicas por um enorme muro. De um lado, está a Terra dos Ancestrais, um lugar onde a razão e a tecnologia predominam; de outro, o Reino Antigo, onde vivem perigosas criaturas sobrenaturais e onde a magia impera. Neste lugar de equilíbrio frágil, apenas uma pessoa é designada para cruzar a barreira entre os dois mundos e evitar uma tragédia. Ao encontrar o corpo de um Mago da Ordem e tocar o sinal em sua testa, a jovem Sabriel acaba trazendo à vida novamente um dos Mortos Maiores. Filha de um necromante Abhorsen, cuja função é justamente colocar os mortos despertos em repouso para sempre, Sabriel não poderia imaginar que seu destino guardasse tantos desafios pela frente. Vivendo na Terra dos Ancestrais, ela se vê obrigada a voltar ao Reino Antigo, onde nasceu, quando recebe uma mensagem, a espada e as ferramentas de trabalho do pai, desaparecido. Em busca do velho pai, ela acaba descobrindo um terrível inimigo que ameaça destruir os dois lados do muro e uma perigosa missão, que não poderá recusar. A jornada de Sabriel pelo fascinante mundo da série O Reino Antigo é apenas o começo de uma inesquecível aventura, repleta de mistério, suspense e magia.

7# Karou de Feita de Fumaça e Osso

Feita

Outra resenha aqui!

Pelos quatro cantos da Terra, marcas de mãos negras aparecem nas portas das casas, gravadas a fogo por seres alados que surgem de uma fenda no céu.Em uma loja sombria e empoeirada, o estoque de dentes de um demônio está perigosamente baixo. E, nas tumultuadas ruas de Praga, uma jovem estudante de arte está prestes a se envolver em uma guerra de outro mundo.O nome dela é Karou. Seus cadernos de desenho são repletos de monstros que podem ou não ser reais; ela desaparece e ressurge do nada, despachada em enigmáticas missões; fala diversas línguas, nem todas humanas, e seu cabelo azul nasce exatamente dessa cor. Quem ela é de verdade? A pergunta a persegue, e o caminho até a resposta começa no olhar abrasador de um completo estranho. Um romance moderno e arrebatador, em que batalhas épicas e um amor proibido unem-se na esperança de um mundo refeito.

6# Katniss de Jogos Vorazes

jogos-vorazes-livro

Mais uma resenha..

Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte! Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes?

5# Tris de Divergente

divergente

Adivinhou, uma resenha

Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto.

A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é.

E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.

4# Nihal de A Garota da Terra do Vento

Apesar de ser um dos meus favoritos de todos os tempos, não tem resenha

Apesar de ser um dos meus favoritos de todos os tempos, não tem resenha

Criada por um armeiro e envolta pelo mistério de nunca ter conhecido sua mãe, Nihal vive na Terra do Vento e passa seus dias brincando de fazer guerra com um grupo de amigos. A vida da jovem muda quando a torre onde vive é invadida e ela presencia a morte de Livon, o homem que a criou e que tanto amou. 
Disposta a vingar o extermínio de seu povo e a proteger os inocentes das tropas do tirano, Nihal decide tornar-se uma guerreira de verdade. Ela sabia que a invasão da Terra do Vento era mera questão de tempo, pois a guerra do Tirano já havia conquistado cinco das oito Terras Livres do Mundo Emerso. Para isso, a jovem se prepara estudando magia e treinando com afinco na Academia da Ordem dos Cavaleiros de Dragão da Terra do Sol. 
Nihal conta com sua infalível espada de cristal negro, forjada por Livon, o melhor armeiro da região, e com o inestimável apoio do seu fiel amigo Senar, o mais jovem integrante do Conselho dos Magos. Em sua busca, ela encontra ainda o amor pelo cavaleiro Fen e os ensinamentos do mestre Ido. 
A jovem Nihal enfrenta o preconceito dos homens e a dificuldade de lidar com sua feminilidade. A semi-elfo esforça-se ainda para encontrar uma razão para lutar que não seja somente a vingança. Ela chega a abandonar a guerra a fim de conhecer a vida em paz num povoado livre. Conhece a felicidade de viver sem rancor no coração, mas volta aos campos de batalha. Seu destino já estava escrito havia muito tempo.

3# Rose de O Beijo das Sombras

Sim, minha edição tem essa capa, lidem com sso

Sim, minha edição tem essa capa, lidem com sso

Lissa Dragomir é uma adolescente especial, por várias razões: ela é a princesa de uma família real muito importante na sociedade de vampiros conhecidos como Moroi. Por causa desse status, Lissa atrai a amizade dos alunos Moroi mais populares na escola em que estuda, a São Vladimir. Sua melhor amiga, no entanto, não carrega consigo o mesmo prestígio: meio vampira, meio humana, Rose Hathaway é uma Dampira cuja missão é se tornar uma guardiã e proteger Lissa dos Strigoi – os poderosos vampiros que se corromperam e precisam do sangue Moroi para manter sua imortalidade. 
Pressentindo que algo muito ruim vai acontecer com Lissa se continuarem na São Vladimir, Rose decide que elas devem fugir dali e viver escondidas entre os humanos. O risco de um ataque dos Strigoi é maior, mas elas passam dois anos assim, aparentemente a salvo, até finalmente serem capturadas e trazidas de volta pelos guardiões da escola. 
Mas isso é só o começo. Em O Beijo das Sombras, Lissa e Rose retomam não apenas a rotina de estudos na São Vladimir como também o convívio com a fútil hierarquia estudantil, dividida entre aqueles que pertencem e os que não pertencem às famílias reais de vampiros. São obrigadas a relembrar as causas de sua fuga e a enfrentar suas temíveis consequências. E, quem sabe, poderão encontrar um par romântico aqui e outro ali. Mais importante, Rose descobre por que Lissa é assim tão especial: que poderes se escondem por trás de seu doce e inocente olhar?

2# Katsa de Graceling

graceling-1Em seu livro de estreia, Kristin Cashore leva os leitores para o incrível mundo dos sete reinos, onde vive Katsa, uma jovem guerreira que descobre ter uma habilidade extraordinária: o dom de matar. Combinando elementos de fantasia e romance, a autora retrata habilmente as descobertas e as angústias da garota, evitada e temida pelo seu dom. O livro alcançou a lista dos mais vendidos do The New York Times e recebeu diversos prêmios, entre eles o de livro do ano da prestigiada Publishers Weekly. A jovem guerreira Katsa tem olhos de cores diferentes: um azul e outro verde. Esta peculiaridade não ressalta apenas a beleza da jovem, mas também a marca de um verdadeiro graceling, alguém com um dom extraordinário. Alguns são excelentes nadadores, dançarinos, cozinheiros, matemáticos. Mas o dom de Katsa é diferente e único: ela possui a habilidade de lutar e matar. Por causa disto, é usada como assassina pelo cruel rei de Middluns, o seu próprio tio. Consumida pela culpa, Katsa cria o Conselho, uma confraria, a partir da qual passa a promover missões secretas para prevenir injustiças e lutar pela liberdade. Combinando elementos de fantasia e romance, Cashore retrata habilmente as crises, descobertas e angústias de Katsa. Evitada e temida pelo seu Dom, a jovem luta com questões de liberdade, verdade e lealdade enquanto tenta sair do domínio maligno de seu tio. Uma tarefa complicada para quem cresceu sem muitos amigos. A reviravolta na vida de Katsa começa quando conhece um misterioso jovem, durante uma missão de resgate orquestrada pelo Conselho. De volta para Middluns, Katsa descobre que Pó é o mais jovem dos herdeiros do reino de Lienid, neto do ancião que resgatou e também um Graceling. Diferentemente dos outros, Po não a teme e se mostra capaz de olhá-la nos olhos. E com o seu misterioso dom, parece ser o único capaz de enfrentar Katsa em combate. Juntos, os dois Graceling partem numa aventura para encontrar o responsável pelo sequestro do avô de Po e descobrem muito mais do que esperavam sobre seus dons, suas vidas e sobre o futuro de todos os 7 reinos. Com uma escrita elegante e personagens inesquecíveis, Kristin Cashore cria uma fantasia empolgante, uma aventura que desafia a própria morte, e uma belíssima história de amor. 

1# Celaena de Trono de Vidro

Ainda, veja bem, ainda não tem resenha

Ainda, veja bem, ainda não tem resenha

Depois de cumprir um ano de trabalhos forçados nas minas de sal de Endovier por seus crimes, Celaena Sardothien, 18 anos, é arrastada diante do príncipe. Príncipe Dorian lhe oferece a liberdade sob uma condição: ela deve atuar como seu campeão em um concurso para encontrar o novo assassino real. Seus adversários são ladrões e assassinos, guerreiros de todo o império, cada um patrocinado por um membro do conselho do rei. Se ela vencer seus adversários em uma série de etapas eliminatórias servirá no reino durante três anos e em seguida terá sua liberdade concedida.

 Celaena acha suas sessões de treinamento com o capitão da guarda Westfall desafiadoras e exaustivas. Mas ela está entediada com a vida da corte. As coisas ficam um pouco mais interessantes quando o príncipe começa a mostrar interesse por ela… Mas é o rude capitão Westfall que parece entendê-la melhor.

Então um dos outros concorrentes aparece morto rapidamente seguido por outros… Pode Celaena descobrir quem é o assassino antes que ela se torne a nova vítima? A medida que a investigação da jovem assassina se desenrola a busca por respostas a leva descobrir um destino maior do que ela jamais poderia ter imaginado.

(Bônus) Ismae de Grave Mercy

Sintam o poder da capa.

Sintam o poder da capa.

Por que ser a ovelha, quando você pode ser o lobo?

Aos dezessete anos de idade Ismae escapa a brutalidade de um casamento arranjado para o santuário do convento de St Mortain, onde as irmãs ainda servem aos deuses antigos. Aqui, ela descobre que o próprio Deus da Morte a abençoou com dons perigosos — e um destino violento. Se ela decidir ficar no convento, ela será treinada como uma assassina e serva da Morte. Para reivindicar sua nova vida, ela tem de destruir a vida dos outros.A mais importante tarefa do Ismae a leva direto para a alta corte da Bretanha — onde ela encontra-se lamentavelmente despreparada — não só para os jogos mortais de intriga e traição, mas também para as escolhas impossíveis que ela deve fazer. Pois como ela poderia lançar a vingança da morte sobre alvo que, contra  vontade, roubou o seu coração? – Tradução livre leve e solta

E ai, o que acharam? Concordam, discordam, não dão a mínima? Comentem, comentem!

xoxo e bom meio de semana!

TAG – Como Eu Leio

Hey pretties! Quando li o título dessa TAG achei que era alguma coisa no sentido de “em que posição eu prefiro ler” ou coisa do gênero.  Pensei WTF? Quem vai filmar isso??, mas assim que vi como realmente era fiquei toda animada para responder.

Não fiz vídeo, apesar de sentir saudades, ainda preciso de tempo pra parar e gravar algo legal. Por isso resolvi responder por aqui mesmo e atulhar vocês de gifs ou qualquer coisa que me ajude a expressar melhor, tecnicamente, o de sempre. Vamos lá?

1. Como você descobre sobre novos livros para ler?

Acompanho o que tem de novidades pelo Skoob, na página de pré venda da Saraiva (geralmente bem atualizada) e em outros blogs. Antes tinha mais tempo para checar o Face e Twitter, via em tempo real as coisas, agora só quando chego em casa ou tenho uma pausa no trabalho.

2. Como você entrou nesse mundo da leitura?

Mais ou menos quando ganhei Os Risadinhas, Roddy Doyle, de uma amiga da família, pessoa incrível por sinal. Foi o primeiro livro que li num dia só (abafa a parte que ele é cheio de figuras, ok?), do alto dos meus 8 anos achei grande coisa. Pouco tempo depois a mesma pessoa incrível me deu Harry Potter e a Pedra Filosofal, que tinha acabado de ser lançado aqui, e pronto. Caminho sem volta.

3. Como o seu gosto literário mudou com o passar do tempo?

Sou uma menina de fases. Já estive na onda dos clássicos, de lá fui para os juvenis, daí para Young Adults, romances de época, então de volta para clássicos… Acho que os únicos livros que sempre me faz suspirar e nunca me enjoa são os épicos fantásticos, não consigo resistir a uma boa estória de espadas e dragões!

4. Com que frequência você compra livros?

Juro, JURO que estou tentando diminuir! Antes eu comprava compulsivamente livros todo mês, e percebi que tenho que maneirar… Não que eu não vá lê-los, mas agora meio que acabou o espaço pra guardar tantos livros (são cerca de 1600). Com algumas pessoas me policiando (aka boyfriend e mãe) tenho comprado no máximo três por mês.

5. Como você entrou nesse mundo dos Canais Literários?

Como não entrar?! As vezes só escrever sobre livros não é o suficiente, corremos o risco de ficarmos chatos, repetitivos, ou até insatisfeitos com o resultado. Sem contar a parte onde deixamos nossos leitores ver os malucos por trás do teclado, nos soltamos e falamos um monte, compartilhamos bastante e é TÃO gostoso ter respostas nos vídeos.

Blogueiros tentando entreter

Disse a menina que não grava um vídeo a mais de um ano. Droga.

6. Como você reage quando não gosta do final de um livro?

De forma madura e adulta. Tranco o livro no freezer e fico encarando-o por horas, tendo conversas mentais com os personagens, depois com o autor, dai de volta pros personagens. Quando canso tiro o livro do freezer e o coloco na prateleira da vergonha, junto com os outros livros perigosos, por motivo de segurança. Vai que eles atacam as estórias boas… De guarda eu coloco as Cronicas de Gelo e Fogo, porque, você sabe, ninguém se atreveria a passar por George R R Martin.

7. Com que frequência você espia a última página do livro pra ver o que acontece no final?

Ler a ultima página? Larguei. Agora sou blogueira.

Faz ANOS que consegui me livrar dessa praga, digo, hábito. Só de responder essa pergunta me dá uma certa nostalgia, porque da minha infância até finalzinho da adolescência eu simplesmente não podia ficar sem ler  última página do livro que estava para começar. Pode parecer impossível pra quem ainda faz isso, mas juro, é para o seu próprio bem!

8. Quem você vai marcar pra responder essa TAG?

Vou marcar minha parsa Natália Pacheco, do Vire a Página, Sol do Meu Meio Devaneio e as fofas do Mundo de Tinta!

 

E vocês, quais são as suas respostas?

 

xoxo e bom fim de semana!

IYRDIW na Bienal de São Paulo, 2012

Morri, fui pro céu e ele parece muito com o pavilhão Anhembi lotado!

Sábado, dia 11 de Agosto, fui conferir de perto a Bienal de São Paulo. Adivinhem quem foi comigo?? Ela mesma, minha tia! Acontece que eu não sou a única empolgadona com o evento aqui em casa, então, lá estava ela, firme e forte acordando 5:30 da manhã, pronta pra pegarmos o ônibus pra São Paulo!

Desnecessário dizer que ela me deu um MONTE de livros bacanas, né?

“Ela merece uma estátua no centro da cidade, sim ou claro?”

Bem, como não podia deixar de compartilhar com vocês o que encontrei por lá, achei melhor gravar um vídeo de uma vez:

Tomara que tenham gostado e que a gente se encontre no dia 18!

xoxo