Príncipe Mecânico – Cassandra Clare

clockwork-prince-br.indd

  •    Autor: Cassandra Clare
  •    Editora: Galera Record
  •    Nº de Páginas: 406
  •    Edição: 1
  •    Ano: 2013
  •    Título Original: Clockwork Prince
  •    Tradutor: Rita Sussekind

   Avaliação: 9,0

Tessa Gray não está sonhando. Nada do que aconteceu desde que saiu de Nova York para Londres — ser sequestrada pelas Irmãs Sombrias, perseguida por um exército mecânico, ser traída pelo próprio irmão e se apaixonar pela pessoa errada — foi fruto de sua imaginação. Mas talvez Tessa Gray, como ela mesma se reconhece, nem sequer exista. O Magistrado garante que ela não passa de uma invenção. Para entender o próprio passado e ter alguma chance de projetar seu futuro, primeiro Tessa precisa entender quem criou Axel Mortmain, também conhecido como Príncipe Mecânico.

Ei você! É, você mesmo que não leu Anjo Mecânico! Está ouvindo isso? Esse é o som dos spoilers-autômatos do Magistrado vindo te pegar! Então vá ler o livro e só volte aqui quando aprender a matá-los!

————————————————————————————————————————————————————————————————–

Antes de mais nada:

Principe Mecanico

Desculpa, eu precisava…

Retomando…

Então, como sempre, essa sou eu em posse de um novo livro de Cassie Clare:

E, como sempre, essa sou eu no final de cada leitura nova de Cassie Clare:

Acredite, é o livro ou eu.

A maioria das pessoas passa a vida toda procurando por um grande amor, Tessa é suficientemente sortuda para ter dois.

Ela é?

Ela é mesmo?

É verdade que essa estória é mais sobre o triângulo amoroso do que toda a trama entre ela. E pasmem: você me vê reclamando? Não!

Podem dizer que a maior falha desse livro é ser tão focado nos relacionamentos entre os personagens, que acabamos com mais perguntas do que respostas e o restante parece ser deixado de lado, mas dane-se! EU QUERO SABER O QUE ACONTECE COM ELES! Não tenho vergonha de admitir, criei um vínculo tão grande com Tessemill (Tessa + Jem + Will) que se o Magistrado explodisse bem do meu lado eu iria rapidamente abanar a fumaça e tentar espiar para ver o que os três estavam fazendo!

Acho que essa é a grande conquista do livro e da Clare como autora. Você fica genuinamente envolvido com Tessa e Will e Jem, até com os outros Caçadores de Sombras e, na maior parte do tempo, deseja que Magnus Bane e o restante do Submundo fosse bem real.

No momento em que cheguei ao meio, eu estava completamente seduzida por Tessa e Will … e Jem. Como, como poderia alguém amar duas pessoas tão diferentes, tanto no caráter e humor? Como poderia alguém se importa o suficiente não com um, mas dois estranhos -e por estranhos eu quero dizer uma pessoa que não é da família, vem de fora e não tem laços de sangue nem obrigação moral- para dar de bom grado a sua vida e felicidade em troca da deles?

A maioria das pessoas passa a vida toda procurando por um grande amor, Tessa é suficientemente sortuda para ter dois.

Ela é?

Ela é mesmo.

Ok, falando assim parece que não acontece nada no livro todo, acontece. Não diria que esse é o mais cheio de ação, mas as coisas que descobrimos sobre Magnus, as alianças formadas e as promessas quebradas, tudo com certeza contribui para que o livro fique longe de ser parado! Se você leu minha resenha de Anjo Mecânico sabe que uma coisa me incomodou muito na mocinha, a parte onde praticamente qualquer um poderia dar uma surra de gato molhado nela e ela nem saberia por onde começar a reagir. Cassandra Clare solucionou meu problema e botou Tess, junto com Sophie, para aprenderem a se defender com dois moços quase sem nenhum destaque: Gabriel e Gideon Lightwood. Adoro como o Gabriel apesar de odiar Will com todas as forças, é tão parecido com ele.

“Eles não são horríveis,” disse Tessa.

Will piscou para ela. “Como?”

“Gideon e Gabriel,” disse Tessa. “Eles são realmente muito bonitos,  ele não são horríveis de jeito nenhum.”

“Eu me referi,” disse Will, em um tom sepulcral, “as profundezas escuras feito piche de suas almas.”

Tessa fungou. “E de que cor você acha que as profundezas da sua alma são, Will Herondale?”

“Lavanda.” disse Will.

Chegando a reta final, tenho que dizer, a falta de consideração da autora pelos sentimentos de seu público continua, para dizer o mínimo, em alta. Quando você acha que a situação não pode ficar mais dramática, de alguma forma ela dá um jeito de apertar um botão mágico e…  deixar tudo ainda mais doido e angustiante! Especificamente, quando terminei Príncipe Mecânico eu voltei uma página, duas, três, o capítulo, olhei atentamente para me certificar de que era aquilo mesmo, aquele era o fim até Princesa Mecânica

Então, depois de muitos anos de contemplação, eu finalmente decidi o que eu quero ser quando crescer: Caçadora de Sombras na era vitoriana. Vamos lá, pessoas! Eles podem ter toda luta-com-espadas/matança-de-demônios que quiserem e ainda usar vestidos incríveis!

 

xoxo

Anúncios
Comments
5 Responses to “Príncipe Mecânico – Cassandra Clare”
  1. Carol disse:

    Adoreeeei a resenha
    li anjo mecanico e eh um dos melhores livros!
    concordo com vc, quero ser Caçadora de Sombras na era vitoriana

    bjinhus

  2. Valentina disse:

    hahahahahahahahahahahahahahahhaha
    risadas histéricas eternas com a montagem!

    amey

  3. Bem, acho que serei obrigada a ler os livros da Cassandra Clare depois dessa resenha, né?? E não me venha com “eu te disse”, hein?? rs
    Beijos

  4. Jheyscilane disse:

    Ahahaha fiquei com medo dos spoilers *______* quando eu ler o livro eu voltarei chefa! kkkkkk
    Gostei da parte dos vestidos incríveis (Não li tudo, eu só li por alto, medoooo dos spoiler do magistrado u.u)
    Beijos
    http://www.passaporteliterario.com

  5. jheyscilane disse:

    Esqueci de comentar o.O Adorei o imagem do Príncipe Mecânico ahauahauaahau

Mostre que está acordado:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Plágio? Não aqui!

    MyFreeCopyright.com Registered & Protectedcopyright video
  • Agora você já pode ir dormir :)

%d blogueiros gostam disto: