Caminhos de Sangue – Moira Young

  •     Autor: Moira Young
  •    Editora: Intrínseca
  •    Nº de Páginas: 352
  •    Edição: 1
  •    Ano: 2012
  •    Título Original: Blood Red Road
  •    Tradutor: Fábio Fernandes
  •    Avaliação: 8,0
Saba passou a vida inteira na Lagoa da Prata, uma imensidão de terra desértica assolada por constantes tempestades de areia. O lugar não a incomoda, contanto que o irmão gêmeo, Lugh, esteja por perto. Quando, porém, uma gigantesca tempestade chega trazendo quatro cavaleiros de mantos negros em seu rastro, a vida que Saba conhece chega ao fim: Lugh é raptado e ela tem que embarcar em uma perigosa jornada para resgatá-lo. Repentinamente jogada na realidade selvagem e sem lei do mundo além da Lagoa da Prata, Saba não consegue pensar no que fazer sem Lugh para guiá-la. Por isso, talvez a maior surpresa seja o que descobre sobre si mesma: é uma lutadora incansável, uma sobrevivente feroz e uma oponente perspicaz. Com a ajuda de um audacioso e atraente fugitivo e de uma gangue de garotas revolucionárias, Saba se torna a protagonista de um confronto que vai mudar o destino de sua civilização. Com ritmo arrasador, ação constante e uma história de amor épica, Caminhos de sangue é uma aventura grandiosa ambientada em um mundo futurista e violento.
————————————————————————————————————————————————————————————————–

Peguei Caminhos de Sangue para tentar tirar A Dança dos Dragões da cabeça, tem chão para Winds of Winter vir à tona e não vi muito sentido em prolongar minha agonia. Como todo mundo sabe, uma ressaca respeitável não some num piscar de olhos e as dores de cabeças literárias são piores ainda, mas, definitivamente, o livro de Moira Young foi melhor que Tylenol!

Não foi a atmosfera apocalíptica, uma coisa meio Livro de Eli que me ganhou. Também não foi a narrativa estranha/ousada pouco convencional , já chego nela. Foi o par romântico!

Não ligo se é spoiler juro que é minúsculo, ouçam os anjos tocando trombetas de cima das nuvens de poeira vermelha e cantem comigo!

NÃO TEM TRIANGULO AMOROSO!

Posso ter um amém aqui, irmãos??

Enfim, todo mundo no livro é grosso. Até a menina de 9 anos é grossa. Mas Saba e Jack são os piores. Ela é uma cabeça-dura e ele é ultra charmoso de um jeito totalmente não convêncional, trocam farpas, provocações, palavras duras e são sérios candidatos à violência doméstica. E completamente adoráveis juntos.

Provavelmente por eles não ficarem de melação e mimimi a coisa é mais intensa. Prendi a respiração um trecho ou dois só na expectativa de ver o que ia acontecer ali. E não me desapontei, pelo menos não o tempo todo.

Agora, a personagem principal, Saba, é osso duro de roer. Mesmo. Em poucas palavras, a menina é uma vaca com todo mundo que não seja seu precioso Lugh, inclusive com a sua irmãzinha Emmi. Na verdade, com a Em é ainda pior, Saba se ressente pela mãe ter morrido no parto da irmã mais nova e por nada ter sido o mesmo depois disso. Ela despreza a garotinha e sinceramente gostaria que fosse ela a ser levada no lugar de Lugh. Provavelmente ela só iria atrás de Emmi porque seu gêmeo iria. Foi bom ounão ver o progresso das duas ounão conforme viajam juntas e descobrem o quão parecidas são.

Aaaaaaaaaaaargh! Meninas difíceis!

A escrita de Moira, nesse livro, talvez desagrade muita gente e confesso que me incomodou bastante no comecinho. Eu li e reli a contracapa umas boas 5 vezes. Também levei algumas páginas para tirar aquele incômodo de mim e seguir adiante. No momento que aceitei o jeito da Saba de narrar a estória, a leitura fluiu e não parou até que eu fechasse o livro. É tudo ágil e rápido, se você piscar, meio mundo já mudou, principalmente na primeira metade, na segunda as coisas se arrastam um pouco mais.

Esperava mais da ação. Como numa estória que insinua sexo, mas não descreve nada, nesse livro sentimos o cheiro do sangue, mas ele não respinga em nós.

Claro que não é regra, mas acredito que as cenas das lutas poderiam ter mais detalhes, isso enriqueceria e muito a estória. Imaginem se em Gladiador só mostrassem o Russell Crowe entrando na arena, medindo seu oponente e depois já de volta para o merecido descanso? Anticlímax brochante, né?

Mas nem por isso o livro é chato, gostei muito da relação estabelecida entre Saba e as Gaviãs Livres, sua postura quando estava à mercê da Jaula e como tudo me lembrou um vídeo-game. Ike e Emmi são ótimos personagens secundários e balanceiam as ações de Saba e Jack, sem eles o livro não teria metade do bom gosto e bom humor que tem! Dei altas risadas com frases ótimas de todos eles.

Olhando por cima, até dá para dizer que Dust Lands tem moldes de Jogos Vorazes, mas bem por cima mesmo. Eles são feitos de material diferente e, sinceramente, é coincidência que eu, fangirldehungergamesassumidahistéricapeetaseulindo, tenha gostado tanto desse livro.

Com uma trama de fim clichê e personagens absolutamente originais, Caminhos de Sangue não é sombrio, não é forte, nem violento, mas abre caminho para uma coisa bem maior. Que venha Rebel Heart! Seu lindo!

Bom domingo pra todo mundo! E aproveitem para conferir a capa de Rebel Heart:

Jack! Jack! Jack!

P.S.: Aquele conselho: evite a ressaca, continue bebendo? Funciona! Funciona até pra ressaca literária! O resultado? Uma dor de cabeça maior ainda!! Rebel Heart só sai dia 30 de Outubro. No Jack até dia 30 de Outubro! Até. 30. De. Outubro. Eu mereço…

Anúncios
Comments
14 Responses to “Caminhos de Sangue – Moira Young”
  1. por onde eu comneço meu comentario? Hum… Com um sonoro AMEM IRMÃOS!!!!!!!!! Tb to de saco cheio dos triangulos rsrsrs
    Fiquei mt, mt curiosa qt a ‘todo mundo no livro é grosso. Até a menina de 9 anos é grossa.’ Hummmm #interessante

    E ri de > ‘fangirldehungergamesassumidahistéricapeetaseulindo < Pq eu tb sou 😄
    Ressaca literaria eh um problema serio, a gente perde o sono!!!!! Sei o q eh isso :/

    Rsrsrsrs
    Bjinhos

  2. danendy disse:

    Gostaria de começar dizendo que dei altas risadas essa resenha inteira. Meu exemplar ainda não chegou, sabe, moro na roça daí as encomendas levam anos-luz até chegarem aqui, mas já desconfiava que não tinha triâgulo amoroso pelas resenhas que li e claro, quase chorei de alívio com a confirmação que tive na sua. Sério, tenho até medo de em Rebel Heart isso mudar.
    Não sei se a falta de detalhes das cenas de ação vai ser incômodo pra mim, só lendo pra descobrir. Acho que o que mais vai me tirar do sério é essa implicância da Saba com a irmã, sei lá…
    E como uma, também, ‘fangirldehungergamesassumidahistéricapeetaseulindo’ (gargalhei lendo isso) fiquei meio preocupada com esse marketing pretensioso na capa do segundo livro “Better than The Hunger Games”. We’ll see.

  3. Olá, Dée!!
    Eu me divirto horrores quando apareço aqui para ler suas resenhas! Não tenho a intenção de puxar saco, longe disso, mas você sabe que admiro muito mesmo a forma como você expressa sua opinião sobre determinado livro sem deixar de lado o bom-humor.
    Com essa análise não foi diferente e acho interessante quando você contextualiza algum fato que viu em filmes com o livro, torna tudo ainda mais interessante.
    Quero muito ler esse livro, bom saber que foge a regra dos YA’s ao deixar de lado o triângulo amoroso e espero gostar também. Agora que capa é essa da sequênciaaaaaaaa?? Espero que a Intrínseca a mantenha pelo amoooooooor! kkkkkkkkk
    Bjos.

    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

  4. Suas ressenhas são as mais engraçadas! Ainda tenho um misto ao ver esse livro, embora muitos falem de linguagem e afim eu arrisco a ler pois pelo que vi nas resenhas ele foge total do resto! E queria muito ter essa segunda capa, muito linda! *.*

    O de sempre, adorei os gifs e adorei as comparações, quase faz a gente imaginar como é o livro. O que me leva pensar q tu está revelando demais rsrs

    Detalhe: proceo ali! Error!error! kkkkk

  5. Opa, curar ressaca? Me vê esse livro agora! Estou com uma que não me larga por nada.
    Mas se eu já estava com vontade de ler esse livro, agora só posso dizer que a vontade triplicou. Adoro casais que não ficam de mimimi, já sei que vou gostar muito desse. 30 de outubro lá fora, né? Por aqui ainda deve demorar mais >.<

  6. outro erro ali! “o qual são parecidas” seria remotamente a tentiva de dizer o “quão” são parecidas kkkkk um na frente do outro, vai acabar no Crassos da Revisão, arruma namorado dá nessas coisas kkkk

  7. Sora disse:

    Oi!!
    Ooohh o Castle ❤
    Realmente, não ter triângulo amoroso é um ponto super positivo, é difícil achar um livro que não tenha.
    Eu não tenho muita vontade de ler esse livro porque li em outras resenhas que a linguagem é meio estranha. Mas adorei sua resenha, muito divertida!

    Beijos,
    Sora – Meu Jardim de Livros

  8. Desesperada, não consigo mais tweetar, algum tipo de fraude sei lá, fiz post, dá pra passar o link pro povo por favor!!!!!! Chegamos as TTs muitos feliz kkkkkk

  9. Ana disse:

    ADOREI sua resenha, pra variar! ushaushaushaushauhs
    Sério, estão cada vez mais engraçadas e a qualidade é insuperavel! Queremos mais!!

  10. Carol disse:

    estava entre esse e starters, mas a sua resenha fez o trabalho sujo d eescolher por mim! vou ter que comprar caminhos de sangue, pra ontem!

  11. Jheyscilane disse:

    Amém Irmãos! Ahahah adorei não ter triângulo chato amoroso, adorei mesmo! Na verdade só por essa parte eu já irei comprar o livro sem me importar com o português “mim vai fazer isso” rsrs
    Wow ok essa Jack é mesmo uma beleza hein =) Ahahah eu pensava que em Caminhos de Sangue era sangue e carnificina para todo lado (Não sei pq mas eu sempre imaginei isso) fiquei feliz em ver que não é só isso e que tem boas tiradas e bons personagens
    Irei ler
    Beijos

  12. Natália disse:

    To lendo e vim aqui ver sua resenha. Por que não comentei nela, meu Deus?!

    Essa escrita tá me incomodando também. Se toda a narrativa fosse escrita fora do padrão culto seria diferente, mas jogaram umas palavras soltas, só alguns verbos e substantivos, não é generalizado. Pareceu forçado.

    Fora isso, não tenho muito o que dizer, to bem no comecinho. Tudo o que aconteceu agora está escrito na sinopse rs

    Beijo, minha linda

  13. eu ri no “e são sérios candidatos à violência doméstica” HAHAHAA se eu ja queria ler, agora eu to doida por esse livro, minha proxima compra

Mostre que está acordado:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Plágio? Não aqui!

    MyFreeCopyright.com Registered & Protectedcopyright video
  • Agora você já pode ir dormir :)

%d blogueiros gostam disto: