Asas – Aprilynne Pike

❤ capa emborrachada

  •    Autor: Aprilynne Pike
  •    Editora: Bertrand Brasil
  •    Nº de Páginas: 294
  •    Edição: 1
  •    Ano: 2011
  •    Título Original: Wings
  •    Tradutor: Sibele Menegazzi
  •    Avaliação: 7,0
Laurel foi encontrada na porta da casa de seus pais adotivos e sempre estudou com a mãe. Aos quinze anos, após se mudar para uma nova cidade e se matricular em uma escola, sua vida muda completamente. Para começar, desde sempre solitária, ela ganha um grupo de amigos e um admirador apaixonado, David. E isso será apenas o início. À primeira vista, Laurel é uma garota comum, com os problemas de qualquer adolescente. O que a diferencia, porém, é ter um segredo maravilhoso e perigoso: ela é uma fada e tem a missão de proteger o portal de Avalon.
—————————————————————————————————————————–

Passei Asas na frente na fila dos vou ler por dois motivos: quando tirei TODOS os meus livros do quarto e os coloquei no sofá, Asas estava bem em cima; estava totalmente empolgada pelas criticas puro amor a Encantos, segundo volume da série, lançamento desse mês.

Estou tentando variar mais minhas leituras, tentei juro deixar uma ordem pré-definida para não ficar só no distópico – de fada – distópico – de fada – distópico… my bad. Vamos para mais uma resenha de livro com história sobre fadas.

Imagine que interessante você, uma garota de quinze anos, com uma pele de dar inveja, acordar um belo dia com a primeira espinha de sua vida, nas costas. Ok. Imagine acordar no outro dia e perceber que ela aumentou ligeiramente, ok. Repita isso no outro dia, e no outro e no outro… até você ter um caroço do tamanho de uma bola de golfe no meio das suas costas. Você reza até pros deuses nórdicos e promete que se o negócio não sumir até o dia seguinte, vai contar pros seus pais.

Ele some.

E surge uma FLOR GIGANTE no lugar.

Sério, eu levei um tempão tentando enfiar essa imagem na minha cabeça. Ficava pensando que a autora tinha errado alguma coisa na hora da descrição, porque ela estava falando mesmo era de um florzona! Não asas. Fadas tem asas, certo? Certo??

Bem, não Laurel. Ela é uma fadinha sim, mas isso quer dizer que é uma planta. Nem pulsação a menina tem! Ela foi ‘enxertada’ na família humana dela (sua memória foi apagada) com uma missão muito importante, e tem todo um time de fadas cuidando para que ninguém a descubra.

Certo, parece legal, né? E é mesmo. Mas Aprilynne Pike demorou muito para dar todas essas explicações… vou levar em conta que Laurel descobriu quase tudo por conta própria, contando apenas com a ajuda de David, seu amigo humano (ponto para a trama: a menina compartilhou logo de uma vez o que estava acontecendo com ela). O problema é que o livro tem só 294 páginas…

Foi mais ou menos o que aconteceu com A Filha do Pastor das Árvores, vi o fim se aproximando e o clima amornando.

Daí, de repente, o quadro mudou, ficou frenético! Uma loucura! Solta o som

O vilão deu as caras e já atacou e um monte de coisas aconteceu e continuou acontecendo!

Enfim, o final compensou bastante os pontos fracos do livro: além da lentidão inicial, Pike veio com o famigerado triangulo amoroso. Estou cansada disso, pra ser bem sincera… Team David ou Team Tamani (um elfo), até consigo imaginar o que vai acontecer no final, mas mesmo assim, eu podia ficar sem essa. Adorei as fadas diferentes e sua cultura, foram ideias bem originais, mas a mocinha dividida entre dois amores já está meio batido.

Recomendo Asas, se você tiver paciência, e gostar de capas emborrachadas iloveit

Vou ler Encantos logo, logo, juro que estou no pique do Salém ainda!

xoxo

P.S.: Lá fora, a série já teve seus terceiro e quarto volumes lançados e acredito que pare por ai.

As capas de Wings, Spells, Illusions e Destined.

Anúncios
Comments
10 Responses to “Asas – Aprilynne Pike”
  1. Ana disse:

    USHAUSHAUSHAUHSUAHSAUHSUAHSAUHSUASHAUHS
    Eu não consigo parar de rir com o Salém!
    Eu amo suas resenhas ❤

  2. É mesmo, já deu de triângulos amorosos…

  3. naominetto disse:

    É mesmo, já deu de triângulos amorosos… +2

    adorei a resenha!!!
    bjinhus

  4. taylorvccls disse:

    estou doido pra ler essa série, mas vou com ‘menos sede ao pote’ agora.

  5. Oi. Dé.
    Estou esperando aciosa para o resultado da promo. 🙂

  6. omarcarloskhariff disse:

    Realmente, é um boom de livros sobre fadas ultimamente! Esse parece bem interessante, mas vou esperar até você ler Encantos. Ótima resenha

    beijos

  7. estou lendo. deusdoceu eh mt lento o inicio! e team Tamani ou Team David jah tah dando no saco mesmo -.-‘ p.mer… maaas a capa emborrachada eh demais rsrsrs (pausa p namorado me chamando de louca!) tomara q melhore mas tha fraquinho q dah dó… e ultimamente to lendo uns troços tão mas tao fracos e q tinham td p ser tão :O q tha desanimando…

  8. Rialto com essa resenha xP adorei. Tenho o livro aqui em casa para ler e planejo ler esse ano ainda. De fato, capas emborrachadas são tudo =P

  9. crislaneb disse:

    Oi!
    Andhromeda adoro suas resenhas! Sempre com um toque de humor que eu adoro! rsrs…
    Bom, acabei de terminar a leitura de Asas e não conquistou. :/
    É realmente bem parado e depois tudo corre. Além do triângulo amoroso. Isso já está me cansando também. Tem até alguns triângulos que dão certo, mas o desse livro não deu para mim.

    beijão!

Trackbacks
Check out what others are saying...
  1. […] não leu Asas, cuidado, spoilers selvagens podem atacar você! Seis meses se passaram desde que Laurel […]



Mostre que está acordado:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Plágio? Não aqui!

    MyFreeCopyright.com Registered & Protectedcopyright video
  • Agora você já pode ir dormir :)

%d blogueiros gostam disto: