Terrível Encanto – Melissa Marr

Capa, je t'aime.

  •   Autor: Melissa Marr
  •   Editora: Rocco
  •   Nº de Páginas: 360
  •   Edição: 1
  •   Ano: 2011
  •   Título Original: Wicked Lovely
  •   Tradutor: Maria Beatriz Branquinho da Costa
  • Avaliação: 9,0

A série Wicked Lovely conta a história de um mundo onde as vidas de fadas e humanos se misturam. Aislinn é uma adolescente que pode ver fadas ao seu redor, mas que foi ensinada durante toda sua vida a fingir que não as vê. Ela está lutando para lidar com as fadas quando Keenan, fada Rei do Verão, entra em sua vida e tira sua mortalidade, pedindo-lhe para se tornar a Rainha do Verão e derrotar sua mãe, a Rainha do Inverno. Se ela recusar, O inverno irá tomar conta do mundo e matará todas as fadas e mortais.

Eu gosto bastante de histórias de fadas, desde sempre. Na verdade agora estou tentando me lembrar do primeiro livro que li com essa temática: acho que foi Artemis Fowl, ou A Dança da Floresta, realmente não me lembro. De um jeito ou de outro, elas sempre entremearam as minhas leituras.

Por isso não compartilho do afã que estão fazendo em cima dos recentes livros sobre fadas, como se fosse algo supernovo. Well, não é.

Mas não quer dizer que seja uma coisa ruim, contudo. Na verdade eu acho ótimo, sempre pensei que a cada livro escrito o Mundo fica um lugar melhor, não importa se for um livro bom ou porcaria. É sempre um acréscimo de alguma maneira.

O legal de Terrível Encanto é que, depois que você termina, vai atrás de outros livros parecidos.  Uma boa pedida pra quem amou ou odiou O Rei de Ferro, da Julie Kagawa. Ou pra quem se irritou profundamente com a Donna Underwood, de A Bruxa de Ferro.

A Aislinn [é um nome Irlandês que significa visão, ou sonho (pois é, eu gosto de pesquisar os significados dos nomes)] é uma aborrecente centrada e sensata, ela sabe que não é brincadeira ter o dom de ver as criaturas mágicas que andam por ai, totalmente invisíveis aos outros humanos. São seres encantados cruéis que pregam peças e atormentam tanto as pessoas quanto sua própria espécie, e Vovó sempre lhe disse para seguir três simples regras:

Não encare os seres encantados invisíveis.

Não fale com os seres encantados invisíveis. 

Nunca desperte a atenção deles.

O problema é que agora eles começaram a prestar atenção nela! Não todos, claro, mas dois em particular a estavam seguindo por onde quer que fosse.

Keenan (que significa descendente das fadas, também irlandês), o jovem Rei do Verão, e Donia (dama poderosa), a atual Garota do Inverno. Keenan é filho de Beira, a Rainha do Inverno. Uma mulher ruim. Muito ruim. O epíteto da ruindade. Ela matou o pai de Keenan, Rei do Verão, passou a reinar soberana sobre as estações e, sem oposição à altura, o inverno fica cada vez mais longo e frio, ameaçando matar todo mundo.

Donia costumava amar Keenan, ela era humana e se encantou com a beleza e o charme sobre-humano dele. Mas Donia fora enganada, no momento em que o Rei do Verão se interessou por ela, sua mortalidade acabou e ela teve que fazer a seguinte escolha: deixa-lo para lá e tornar-se uma Garota do Verão, sem responsabilidades nem pudor, ou arriscar tudo e segurar o bastão do Inverno. Se fosse a Escolhida, ela seria coroada a Rainha do Verão, reinaria ao lado de Keenan e juntos seriam fortes o bastante para repelir Beira. Porém Donia, apesar de seu amor, não era a Rainha do Verão e foi condenada a abrigar o frio e dissuadir a próxima garota de Keenan, mesmo que só fosse libertada quando outra ousasse segurar o bastão.

Isso tudo foi um encantamento criado por monarcas de outras Cortes para evitar que Beira matasse de cara o filho e a corte do Verão tivesse a chance de ser reconstruída.

Aislinn, ou Ash, obviamente é o novo alvo de Keenan. Só que o bonitão não contava que, além de bater de frente com Beira o tempo todo, ele teria de se desdobrar inteiro para conquistar a menina. Tudo porque Ash, além de saber que ele é um encantado, já está apaixonada por Seth.

Seth mora num vagão de trem desativado, é um pouco mais velho que ela, é também o seu melhor amigo, mas tem a grande fama de preferir encontros casuais. Do tipo: é só uma noite, babe, não vou te ligar amanhã. Ele dá vários sinais de estar interessado, mas Aislinn não quer arriscar sua enorme amizade por nada mais que uma noite de diversão.

Ao invés disso ela desvia a atenção para coisas mais urgentes, tipo as fadas. Sério, ela conta pra ele TUDO sobre o seu dom e seus perseguidores. E o Seth acredita!

Dou meu total apoio para as não-enrolações desse livro.

We aprove this book!

Agora Aislinn tenta resistir ao encanto que Keenan exerce sobre ela, literalmente, e se foca em proteger sua Vovó e Seth contra as influências que o Rei do Verão trouxe para sua vida.

Gostei muito desse livro porque ele não é obvio: a mocinha NÃO larga tudo e todos pelo COMPLETO ESTRANHO que aparece na sua porta do nada. A Ash não quer gostar do Keenan, ela cresceu ouvindo que os seres encantados eram maus e horrendos e que faziam coisas cruéis com os mortais. Ela quer ficar quieta no canto dela, de preferencia com o Seth, e esperar toda aquela atenção passar.

Também passei boa parte do livro tentando me decidir se apoiaria o Keenan ou o Seth, acho que já me decidi, mas sem muuuita firmeza. O final é realmente muito bom, com uma enorme surpresa.

Estou cobiçando o 2º, Ink Exchange, imaginando o que está por vir!

Leiam!!

xo

Anúncios
Comments
10 Responses to “Terrível Encanto – Melissa Marr”
  1. Carol disse:

    Já queria ler esse livro, agora então…

    AMEI seu blog! Parabéns!!

  2. Flávin disse:

    nunca fui muito fã de livros assim, mas vo dar uma chance, gostei da resenha

  3. DaniDias disse:

    eu quero muito terrível encanto!! os livros da melissa marr são incríveis demais!!!

    ah é, parabéns pela resenha! =D

  4. Pow pra vc ter dado nota 9 eh pq deve ser bom!!! A resenha muy me agrada *.*
    Add no skoob!!!! e criei uma nova tag: indicado da Andhy kkkkkkkkkk

  5. Valentina disse:

    Querida, comprei o livro só por causa da sua resenha!! Jah estou lendo e amandoo!! brigada pelas dicas incríveis

  6. Carol disse:

    Comprei, li e adorei! Senti as mesmas coisas que vc descreveu na resenha!

  7. Juh disse:

    esse livro é terrivelmente bom!
    adorei seu blog!
    suahsuhsauhsuahsa vou fazer igual a agatha: tag AndhromedaG!

    bjinhos

  8. lenaelric disse:

    Parece ser um livro legal, mas o que você fez foi falar quase a história toda ._.

  9. Erika Barreto disse:

    Essa capa está bem bonita. E eu estava decepcionada com a capa do três metros acima do céu. Que bom que essa capa nova está bem caprichada. :X

Mostre que está acordado:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Plágio? Não aqui!

    MyFreeCopyright.com Registered & Protectedcopyright video
  • Agora você já pode ir dormir :)

%d blogueiros gostam disto: