Química Perfeita – Simone Elkeles

Capas vendem livros!!

  •     Autor: Simone Elkeles
  •     Editora: Underworld
  •     Nº de Páginas: 307
  •     Edição: 1
  •     Ano: 2011
  •     Título Original: Perfect Chemistry
  •     Tradutor: Yara Camillo
  • Avaliação: 8,0

Os garotos do instituto Fairfiel, do subúrbio de Chicago, sabem que South Side e North Side não se misturam. Assim, quando a líder de torcida Brittany Ellis e o marginal Alex Fuentes são obrigados a trabalhar juntos como parceiros de laboratório na aula de química, os resultados prometem ser explosivos. Mas nenhum deles estava pronto para a reação química mais surpreendente de todas: O amor. Poderão romper os preconceitos e estereótipos que os separam?

Podem admitir, a primeira coisa que vocês pensaram ao ler a sinopse foi: Ah, mais um romancezinho água-com-açucar pra menininhas… Não foi? Eu também pensei isso, até devorá-lo em 3 horas.

Queria dizer que fazia tempo que eu não chorava tanto com um livro. Sério mesmo, Química Perfeita não é um livro triste, só que é bem mais do que aparenta ser.

A Brittany não é a garota perfeita que todos acham, o mais importante: ela não quer ser a garota perfeita, mas precisa que  o mundo a veja assim. O grande problema dela é que foi criada com a idéia de que se ninguém souber que você tem problemas, então você não tem (O Segredo?). A culpada por esse tipo de pensamento é a mãe dela, uma perua egoísta que tem vergonha de sua filha mais velha, Shelley. A Shelley é uma menina doce de 21 anos, que sofre de uma séria paralisia, ela não se move, nem se comunica de forma normal com os outros.

Britt está sempre apoiando e cuidando de sua irmã que é, sem dúvidas, a pessoa que ela mais ama no mundo. Ela fará de tudo para ver Shelley feliz, inclusive se esforçar para entrar na universidade mais próxima e assim continuar por perto.

Em casa Brittany até pode não tem voz, mas na escola é uma espécie de Miss. Quem não a deseja, quer ser como ela. Aquela velha história: tem um namorado-lindo-capitão-do-time-de-futebol, ótimas amigas, estilo e influência.O primeiro dia de seu último ano no colégio promete ser perfeito, mas muda drasticamente quando ela quase atropela a moto de Alex Fuentes, o durão gangster do South side, com ele nela…

“-Você é uma péssima motorista -Diz Alex, com seu leve sotaque latino, a voz grave e a postura de quem diz: ‘Eu Sou o Cara.'”

Alex é uma figura intimidadora. Alto, forte gostoso, cheio de cicatrizes e tatuagens, sempre usando a bandana ao Sangue Latino, gangue violentérrima da qual faz parte. Mas apesar da fachada ele se recusa a fazer qualquer coisa mais séria do que ir intimidar devedores, Alex não se envolve com drogas nem pretende usar sua pistola. A única coisa que Alex quer é deixar sua família segura,nem que pra isso tenha que desistir de ir para a faculdade e ter um futuro.

Ah, é. Outra coisa que ele quer é descobrir quem matou o pai, na sua frente, anos atrás. Ele não conta para seus irmãos caçulas chatos e pentelhos que seu pai era integrante da gangue, e faz de tudo para mantê-los afastados da vida de crimes.

Quando ele e Brittany são obrigados a fazerem dupla na aula de Química (coisa muito levada a sério lá nos Isteites) fica claro que ambos se desprezam. Por isso mesmo ele aceita a aposta com um amigo para levar Britt para a cama. A partir daí a gente sabe o que acontece: os dois brigam muito, mas se apaixonam e blá blá blá. Tem vários clichês, mas no contexto isso só fica mais fófis. O emocionante é vê-los descobrindo o mundo um do outro e a si mesmos nesse processo. Juntos eles vão aprender a enfrentar o que sempre acharem que não podia ser mudar, e mudar o que nunca imaginaram que enfrentariam.

Logo, todos descobrem que as aparências enganam e que ser feliz pode trazer muito mais problemas do que ser quem esperam que você seja.

Recomendo esse livro para quem gosta de romance, para quem gosta de comédia, para quem tem problemas com a família, para quem amou Soul Love (mas queria um final diferente), para quem chora, para quem gosta de aventura, para quem não tem o que fazer, para quem está apaixonado.

Para quem quer se apaixonar.

Quando eu terminei de ler já estava pra lá de Bagda, nesse naipe mesmo:

Boa quinta-feira pra todos

xo

Anúncios

4 comentários sobre “Química Perfeita – Simone Elkeles

  1. thaís disse:

    Ah, esse livro parece ser TÃO awesome! Puxa, queria mesmo lê-lo. O problema é dinheiro, porque por enquanto o preço não está muito legal. Vou esperar aparecer uma promoção na saraiva 😀

  2. Agatha Borboleta (@AgathaBorboleta) disse:

    Eu vi esse livro em algum lugar, foi só a sinopse ou uma resenha? o.O n lembro, soh lembro q n dei mt coisa por ele naum… pela sua resenha parece um roteiro de filme de romance, n q isso seja ruim rs mas parece. Deve ser bunitinho, mas o mais legal eh imaginar tu chorando q nem no gif kkkkkkkkkkk

  3. Erika Barreto disse:

    Cacilda Andy leu em 3 horas? 307 páginas? WTF! Eu leio rápido… quer dizer eu achava 😡 mas não chego nem perto disso :~
    Se eu lesse 300 páginas em 3 horas certamente eu leria todos os meus livros antes de morrer! =]]]
    O truque é ler a amdrugada toda, né?

Mostre que está acordado:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s