Aprisionada – Lauren DeStefano

Aprisionada

Awesome cover!

  •   Autor: Lauren DeStefano
  •   Editora: Underworld
  •   Nº de Páginas: 287
  •   Edição: 1
  •   Ano: 2011
  •   Título Original: Wither
  •   Tradutor: Fábio Fernandes
  • Avaliação: 9,0

E se você soubesse exatamente quando iria morrer?

Graças à ciência moderna, os seres humanos se tornaram bombas-relógio genéticas. Os homens vivem apenas até os 25 anos e as mulheres até os 20 anos. Neste cenário desolador, as meninas são raptadas e forçadas a casamentos poligâmicos para manter a população longe da extinção. Quando Rhine Ellery de dezesseis anos é raptada pelos Coletores para se tornar uma noiva, ela entra em um mundo de riqueza e privilégio. Apesar do verdadeiro amor de seu novo marido Linden, e uma tênue confiança entre as esposas-irmãs de seu esposo, Rhine tem um propósito: fugir para encontrar seu irmão gêmeo e ir para casa. Mas Rhine tem mais coisas a enfrentar que a perda de sua liberdade. O pai excêntrico de Linden está obcecado em encontrar um antídoto para o vírus da genética que está lentamente se aproximando de seu filho, mesmo que isso signifique coleta de cadáveres a fim de testar seus experimentos. Com a ajuda de Gabriel, um servo em quem confia, Rhine tenta libertar-se, no curto tempo que ainda resta.

————————————————————————————————————————————————

Logo de cara você entende que esse é um livro que não tem medo de ‘matar’ os personagens, seja pelo vírus horrível, ou manualmente. Isso ajuda muito a entrar no clima frenético e macabro da estória. Rhine é uma ótima mocinha, ela é esperta e determinada e frequentemente lembra seu objetivo: escapar da Mansão.

Provavelmente esse seria um ponto fraco do livro, o lance da lamentação e etc. Mas não é, ela usa suas lembranças de casa como um energético e assim jamais esquece como foi parar ali. Na sua situação de Primeira Esposa (a esposa preferida e que ‘manda’ nas outras) Rhine é constantemente paparicada por Linden, que a vê como uma substituta para sua primeira-primeira-esposa Rose, o seu grande amor.

“Consigo ouvir a voz de jenna dizendo, não se esqueça de como chegou aqui. não se esqueça.”

Tenho que admitir que o Linden é um fofo, ainda que meio bobo, e que às vezes me pegava torcendo para a Rhine dar uma chance a ele. Então lá ia ela lembrar que ele era o culpado por separa-la da sua família, e pronto, eu voltava a despreza-lo. Um ponto fortíssimo do livro é que você se sente na pela da garota (eu pelo menos me senti) e compartilha com ela todos os sentimentos em relação às outras personagens da casa: a irritação com a esposa-irmã Cecily, uma criança deslumbrada e mimada; a cumplicidade com a outra esposa-irmã Jenna, mais velha e com um passado turbulento; a raiva e o medo do Senhorio Vaughn, literalmente um cientista louco; e o carinho e algo mais por Gabriel,  quem não se apaixona por morenos de olhos azuis?

Além, obviamente, da boa estória, esse foi um livro que me fez refletir quase paradoxalmente. Ele se passa num futuro não tão distante onde a evolução da humanidade leva à sua total regressão de valores. Por causa de um vírus de laboratório os poderosos recriam o sistema feudal, os pobres definham e se vendem, tudo passa a ser garantido pela lei do mais forte e as mulheres voltam a ser tratadas como seres meramente reprodutores. Uma evolução regressiva. Mas não se assustem, é um livro bem fácil de ler e essa edição da Under está um chuchu! Conte com muitas reviravoltas e revelações no decorrer da leitura e você não vai se decepcionar. Não vejo a hora de Fever ser lançado, na verdade, quando vi a capa, fiquei meio assim:

tumblr_lggvtv1gt01qaw84g1

Cá está. imaginem ela toda brilhantinha!

Finalmente, recomendo a todos que saiam do computador e vão ler Aprisionada. Agora!

xo

Anúncios

6 comentários sobre “Aprisionada – Lauren DeStefano

  1. Agatha Borboleta (@AgathaBorboleta) disse:

    E cade a capa q te fez dar pulinhos?!!!! (n me mande olhar no google q naum vale -.-‘)
    As capas da Underworld são lindas (leia-se foda) *.* (Isso me lembra Sete Selos q eu ainda n tenho e dah vontade de chorar mimimi)
    Voltando ao ponto, a historia parece legal e tudo. Sim, acho q esse posso dizer q vc recomendou e depois reclamar, quer dizer, comentar os pontos altos e baixos do livro ctg 😀

  2. Erika Barreto disse:

    Nada como não ter o que fazer e ficar fuçando o Blog. Não tinha visto esse post, como pode?
    9????????????????????? Nove deve ser tipo ultra mega bom. Ainda não vi um 10, mas tipo nove eh muito. Selo de qualidade e essa capa?

    Acho que ainda não li nada da Underworld então não sei como é no quesito tradução/revisão mas no quesito capa… eles arrasam =]

Mostre que está acordado:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s